.
Para ligar a música desça até o pé da coluna da direita e clique no botão: (>)

19 janeiro 2016

Doença de Alzheimer é ligada à calcificação da glandula pineal por ingestão de flúor

Estudos científicos têm demonstrado que pacientes portadores de Alzheimer possuem a glândula pineal calcificada, em especial pelo consumo de flúor (fluoretos).



Estudos científicos têm demonstrado, através de tomografia computorizada, que pacientes com Alzheimer possuem uma significante quantidade de tecido da glândula pineal calcificado. Pessoas com outras enfermidades, tais como depressão e outros tipos de demência, apresentam uma quantidade bastante inferior de tecidos calcificados nesta região, ainda assim expressivos para necessitar de investigação séria.


hqdefaultNa década de 1990, uma cientista britânica, Jennifer Luke, descobriu que o flúor se acumula em níveis notavelmente altos na glândula pineal. A glândula pineal possui um tecido, altamente passível de sofrer calcificações, que, sendo naturalmente exposto a um elevado volume de fluxo sanguíneo, torna-se o principal local de acumulação de flúor em humanos.
O flúor é um gás halógeno, extremamente volátil e altamente reactivo. Ao ser ingerido é rapidamente absorvido pela mucosa do estômago e do intestino delgado. Sua via de eliminação são os rins, responsáveis por eliminarem 50% do flúor diariamente ingerido, e o que sobra tem que encontrar refúgio em alguma parte do corpo, que geralmente é junto ao cálcio de algum dos tecidos conjuntivos. Como os dentes e os ossos são os maiores reservatórios de cálcio, é para lá que o excesso de flúor tende a se dirigir, passando a deformá-los e a provocar o que cientificamente se conhece como fluorose.
No caso dos ossos, dentes e glândula pineal, acrescenta-se ainda a facilidade com que os íons de flúor (1,29Z) substituem os da hidroxila OH- (1,33Z) e se incorporam à estrutura dos cristais de apatite. Por isso, diante do excesso de flúor, esses tecidos perdem a flexibilidade e se tornam extremamente rígidos e quebradiços.
aLogo, as partes calcificadas da glândula pineal (cristais de hidroxiapatite) contêm as maiores concentrações de flúor do organismo humano, até mesmo maiores do que em qualquer osso. A glândula pineal é como um íman para o fluoreto de sódio. Este calcifica a glândula e faz com que ela não tenha mais eficácia no equilíbrio de todo o processo hormonal do corpo.
Pesquisadores descobriram que os depósitos calcificados presentes na pineal estão associados com a diminuição do número de pinealócitos (principais células da glândula responsáveis pela produção de melatonina), com o funcionamento e a produção de melatonina reduzida, bem como com deficiências no ciclo sono-vigília, além de potencialmente destruírem a função normal na puberdade. Desta forma, o ciclo circadiano,  período de aproximadamente 24 horas sobre o qual se baseia o ciclo biológico (responsável por regular todos os ritmos psicológicos, a digestão, o estado de sono-vigília, a renovação das células e o controle da temperatura do organismo), se torna desregulado.

A toxicidade do flúor

O debate sobre os perigos do flúor está em curso há mais de seis décadas, apesar de inúmeros estudos confirmarem que o fluoreto é um veneno perigoso, tóxico, e que se bio-acumula no organismo ao ser ingerido ao longo da vida. Então, o que exactamente o fluoreto causa ao seu cérebro além de calcificar a glândula pineal?
Em 2006, pesquisadores da Harvard School of Public Health e da Icahn School of Medicine at Mount Sinai fizeram uma revisão sistemática e identificaram cinco produtos químicos industriais como sendo neurotóxicos. Isto incluiu venenos inquestionáveis, como o chumbo, o metilmercúrio, bifenilas policloradas, arsênico e tolueno. Desde então, eles têm documentado seis neurotóxicos de desenvolvimento adicional, sendo agora 11 produtos químicos industriais conhecidos por prejudicarem o desenvolvimento do cérebro em fetos humanos e em bebes. Um dos neurotóxicos adicionados mais recentemente a essa lista é o fluoreto, o qual atravessa facilmente a barreira placentária. Um dos autores do estudo já havia afirmado:
“O flúor parece se ligar ao chumbo, mercúrio e outros venenos que causam desequilíbrio na química do cérebro… O efeito de cada substância tóxica pode parecer pequeno, mas o dano combinado em uma escala da população pode ser grave, especialmente porque o poder do cérebro da próxima geração é crucial para todos nós. “
Há 37 estudos em humanos que ligam exposições aos fluoretos com inteligência reduzida (9 desses estudos encontraram QI reduzido em pessoas que consumiam água com menos de 3 ppm de fluoreto) e 12 estudos em humanos que ligam o flúor com déficits neurocomportamentais. Há também 3 estudos em humanos que ligam a exposição ao flúor com desenvolvimento restrito do cérebro fetal, e cerca de 100 estudos com animais que ligam o flúor a danos cerebrais.  


Água fluoretada e prevenção de cáries

Prevenção de cáries é, alegadamente, o motivo pelo qual a Organização Mundial de Saúde iniciou, desde 1930, o programa de inclusão artificial do flúor na água. Logo, acredita-se que a eficácia da água fluoretada em evitar cáries estaria provada e comprovada para além de qualquer dúvida razoável. Mas, uma nova pesquisa sugere que esta suposição é dramaticamente equivocada: o uso de dentifrícios fluoretados tem sido inconclusivo para a saúde oral versus pineal, no entanto o consumo de água fluoretada não teve nenhum impacto positivo.

Cochrane é uma organização não-governamental constituída por médicos e pesquisadores, existente em mais de 130 países, conhecida por suas considerações competentes, sendo estas consideradas o ‘padrão-ouro’ do rigor científico em relação a avaliar a eficácia das políticas de saúde pública estabelecidas. Recentemente, eles realizaram uma pesquisa no intuito de descobrir se a fluoretação reduz as cáries. Reviram todos os estudos feitos sobre a fluoretação que eles puderam encontrar e, em seguida, analisaram os resultados dos estudos e publicaram a sua conclusão em uma revisão no início de Junho deste ano.
A revisão identificou apenas três estudos, desde 1975, com qualidade suficiente para serem utilizados, os quais abordaram a eficácia da fluoretação na prevenção da cárie dentária na população em geral. O co-autor da revisão, Anne-Marie Glenny, pesquisador de ciências da saúde da Universidade de Manchester, no Reino Unido, concluiu que esses estudos determinaram que a fluoretação não reduz cáries em um grau estatisticamente significante em dentes permanentes.
Os autores encontraram apenas dois estudos, desde 1975, que avaliaram a eficácia da redução de cáries nos dentes de bebés, e concluíram que a fluoretação não tem nenhum impacto positivo estatisticamente significativo. Os cientistas também concluíram que há insuficientes evidências de que a fluoretação reduz a cárie dentária em adultos.
“A partir da avaliação, não podemos determinar se a fluoretação da água tem um impacto sobre os níveis de cárie em adultos”, diz Glenny.

Flúor banido em diversos países

Segundo o site worldlifeexpectancy.com, a Finlândia, o Canadá e os Estados Unidos são os países com o maior número de pessoas acometidas por Alzheimer. Actualmente, os Estados Unidos têm diminuído a quantidade de cidades que participam do programa de fluoretação e o número de cidades fora do programa tem crescido gradualmente. Curiosamente, a Finlândia, assim como diversos países europeus, como Alemanha, Japão, Suíça e Suécia baniram a fluoretação da água. Países que aparecem no site como tendo índices extremamente baixos de Alzheimer, tais como Grécia, Cambodja e Índia não possuem, coincidentemente, programa de fluoretação da água.

Descoberta planta que remove flúor da água

Após tantas evidências contra o flúor, a melhor opção seria removê-lo da água. Actualmente há filtros que removem ou diminuem a incidência do flúor. Mas, um método eficaz surgiu após a descoberta de uma fantástica planta. Uma planta chamada tulsi, ou manjericão santo (Ocimum tenuiflorum), que cresce por toda a Índia, pode ser apenas outra resposta para retirar o flúor da água em países pobres em todo o mundo. Cientistas da Universidade de Rajasthan descobriram que o tulsi pode substituir algumas das alternativas mais caras para a remoção de flúor.
Os investigadores conduziram o experimento numa aldeia de Narketpally, imergindo 75 mg de folhas de manjericão santo em 100ml de água que tinha mais de 7 partes de flúor por milhão de água. Após a imersão das folhas em água durante apenas 8 horas, o flúor foi reduzido para apenas 1,1 parte por milhão. A Organização Mundial de Saúde diz que os níveis “seguros” de flúor na água não devem ultrapassar mais do que uma parte por milhão.

11 janeiro 2016

Bem vindo à 5ª dimensão, um lugar mágico.




Estes são tempos maravilhosos para estar vivo. Uma mudança fenomenal na consciência de Gaia está ocorrendo, para a qual toda a vida no planeta está convidada a acompanhar. No ponto culminante em 2012 ela centrou sua consciência na doação para o nascimento da 5ª dimensão em um novo paradigma de existência. 
No entanto, a vida nas dimensões inferiores permanece complicada, embriagada e venenosa, de maneira que se continuasse desta forma poderia colocar em risco o surgimento do novo paradigma e a viabilidade futura da harmonia bem sucedida cocriativa para toda a vida na Terra. Assim, uma “grande limpeza” é agora necessária para garantir o futuro da vida na 5ª dimensão da Terra. Um mecanismo de colapso da velha realidade está apenas começando. O que isso envolve?
Plano Dimensional Superior
Meu nome é Open, que é mais uma maneira de ser do que um nome. Eu sou uma ponte e trabalho nas dimensões superiores de consciência. Digo isso sem arrogância, orgulho ou ego. É simplesmente assim. Claro que você pode não acreditar em mim (o que é uma prerrogativa inteiramente sua). Eu digo que reivindico ser a fonte do compartilhamento desta informação. Eu sugiro que você tome apenas o que ressoa para você. Encontre sua própria verdade no que estou dizendo.
Eu afirmo que o que estou prestes a compartilhar, é conhecido por aqueles nas dimensões superiores que estão trabalhando incansavelmente e abnegadamente para facilitar a mudança. É claro que há muita confusão, desinformação e até mesmo engano acontecendo aqui. Por isto a necessidade de uma mensagem clara. Mas naturalmente eu só ofereço uma perspectiva clara na medida em que a minha própria lente é clara. Nós sempre só podemos oferecer uma perspectiva, não a “verdade absoluta”.
Eu acredito que esta mensagem estará disponível para todos. Embora não seja esperado nem mesmo necessário que todos precisem aceitá-la. Claramente pela forma como os eventos atualmente acontecem aqui e pela velocidade com que a maioria segue para o precipício do seu próprio esquecimento, isto é um fato profundamente triste. No entanto, não há nenhuma necessidade de permitir que esta inconsciência arraste todo o planeta para baixo com ela. Certamente que não. Existe muitos seres em evolução, a vida ascendente está olhando muito a frente para o novo paradigma da harmonia na 5ª dimensão.
Para o futuro da nova existência ser protegido, eu acredito que um mecanismo de colapso da velha realidade precisa acontecer agora e na verdade já começou. Por que é necessário um colapso? Eu vejo que a nova realidade vai se formar ao redor da antiga, mas em pedra limpa. Se a base permanecer cancerígena como é atualmente, então colocaria em risco a totalidade do novo paradigma nas densidades superiores. Mesmo a frequência superior de Gaia ainda seria influenciada por sua consciência do reino inferior. Assim como os Hopi profetizaram com precisão, uma “Grande Limpeza” deve acontecer agora. Ela é conhecida nos reinos mais elevados como um grande realinhamento.
Gaia é Uma Empata Intensa
A vida aqui na Terra sofreu uma intervenção de uma consciência interdimensional negativa que tentou curvar o planeta para a sua agenda de controle. Isto infectou a maioria das pessoas que levam uma existência inferior, desconectadas da sua divindade e viciadas em consumir, desrespeitando tanto Gaia quanto outras vidas sencientes. Isto é virulentamente canceroso não só para o planeta, mas também para suas próprias almas.
Gaia é uma empata intensa. Ela sente a dor de toda a vida senciente como se fosse nela própria:
Ela sente o terror e desespero das criaturas brutalizadas na cadeia alimentar. Ela sente o extermínio dos peixes, golfinhos, baleias, corais e outras criaturas capturadas nos oceanos que estão rapidamente tornando-se ácidos. Ela sente a poluição de seus céus com os combustíveis fósseis, metano, radioatividade, radiofrequência e trilhas químicas. Ela sente o envenenamento da Terra através da mineração, perfuração, agricultura industrial e destruição implacável das florestas. Ela sente a confusão mental da sociedade, a matriz energética em que vive a humanidade. Ela sente cada expressão torturada disto como uma célula dentro do seu próprio corpo. E ela precisa começar a transmutar essa dor para liberar a energia contida nesta dimensão inferior e começar a “compostar” este pesadelo material que viola e infecta a todos. Como será que isto provavelmente vai acontecer ?
O Mecanismo de Colapso
O mecanismo de colapso da velha realidade já começou. A intervenção está ocorrendo através de um pacote entrelaçado de frequências energéticas instigadas a partir da 4ª dimensão que tinha enlaçado toda a vida aqui. Fazendo com que mesmo aqueles que reencarnavam fossem despojados de suas antigas memórias. A primeira tarefa de benevolência foi relaxar os fios de energia de modo que pudessem ser removidos um por um. Dessa forma, a transição aqui seria mais suave e mais facilmente administrável.
As camadas interdimensionais desta intervenção já foram executadas, ou estão nos momentos finais do seu funcionamento. Removendo a “Matrix” da 3ª dimensão com base no intelecto na qual a maioria da humanidade ainda parece estar voluntariamente escravizada. Estes comportamentos arraigados, condicionados, injustos, desiguais e desumanos estão provando serem difíceis de quebrar. Mas eles não têm lugar na 5ª dimensão da nova Terra.
Paradoxalmente, a sensação de falta de conexão da humanidade com o seu interior, o anseio por segurança e por controlar os recursos do planeta, é o interruptor da viagem, desencadeando o mecanismo de colapso.
Felizmente, existe uma onda de almas humanas que estão entendendo o sentido de urgência, que estão se reconectando com a Fonte e na verdade estão embarcando nesta mudança necessária. Assim, Gaia que estava até agora à espera das almas humanas se juntarem ao movimento, está pronta para começar esta próxima fase.
Eu acredito que com o tempo ela vai começar a quebrar a superfície desta realidade através de acontecimentos cada vez mais selvagens no tempo com secas, tempestades, terremotos e atividade vulcânica. Enquanto isso, seu campo biomagnético diminui, ao mesmo tempo em que a atividade solar aumenta. Em última análise, eu vejo a composição da atmosfera se transformando com a limpeza através das tempestades solares. Eu vi a mudança com a Terra se tornando um cadinho de fogo. Claramente nenhuma vida sofisticada seria capaz de sobreviver a tal transformação radical na 3ª dimensão.
Todas as construções de realidades são criadas a partir do carma, onde existe uma exigência, um anseio, para as almas evoluírem além de uma limitação anterior. Na Terra, tal construção foi formada no campo da 4ª dimensão para que as almas fossem atraídas para a aprendizagem mútua, o desafio é ver além do véu. Gaia também pediu esta construção na 4ª dimensão mas agora não quer mais. Como ela está sendo removida para longe da Terra, a velha realidade vai cair, enquanto GAIA faz a ascensão da sua consciência da 3ª para a 5ª dimensão, criando aqui uma nova realidade para exploração, evolução e crescimento. O desafio e a oportunidade para toda a vida no planeta é mover-se através do véu da 4ª dimensão que está se afastando e se juntar a Terra no novo paradigma da 5ª dimensão.
A medida que a vida passa, a velha camada cármica que forma esta antiga realidade será arrancada a partir das densidades inferiores e será transferida através do espaço/tempo para o núcleo galáctico sendo fragmentada em consciência “Elemental”, a partir da qual com o tempo novas realidades físicas vão tomar forma mais uma vez em outro lugar no cosmos. Isto é o que acontece em um buraco negro: é como uma vasta e multidimensional “máquina de lavar” cósmica, ele quebra a densidade em seu quanta constituinte de consciência antes de emitir luz do outro lado deste portal galáctico, algo sobre o qual os principais cosmólogos como Stephen Hawking agora estão começando a especular.
Os maias descreveram com precisão no nosso caminho um buraco negro supermassivo no centro da galáxia antes que a ciência moderna o descobrisse. A passagem ao longo desta “estrada escura” ou “ser Xibalba” como os maias mais romanticamente descreviam, ocorre com o movimento retrógrado do eixo polar da Terra para a “fenda escura” no núcleo galáctico. Os maias consideravam isto como uma viagem ao submundo, um momento de consciência expandida através da passagem pelos medos mais profundos. Certamente para mim, isto descreve com precisão o sentido da consciência do UM sendo projetada perto do núcleo galáctico, um lugar temível sim, mas também de libertação e rejuvenescimento incrível, assumindo que a alma consiga se libertar de suas bagagens desnecessárias.
Não estou dizendo que o aspecto físico da Terra seguirá por esse caminho (não tão cedo !) O que estou dizendo é como acontecerá a fragmentação, a dissolução da camada cármica da 4ª dimensão que formou o projeto e a âncora da velha realidade da 3ª dimensão física.
A medida que a vida passar no reino físico pela transformação cármica da 4ª dimensão, ela vai ser extremamente apoiada pelo reino angélico, segurando o espaço e a luz conforme a camada da 4ª dimensão é arrancada da Terra. Você pode imaginar que eles formaram uma “rede” em torno da Terra para resgatar as almas perdidas. Se pudermos ajudar as almas a deixarem ir seus medos e controle, então isso pode ajudar muito a sua passagem para a 5ª dimensão, em vez de seguir para o núcleo galáctico.
Enquanto isso, o novo paradigma da 5ª dimensão começará a tomar forma em torno da pedra fundamental da velha realidade. Com o tempo, o núcleo da 3ª dimensão da Terra vai se acomodar, se condensar e fomentar a possibilidade de vida na 3ª dimensão aqui mais uma vez, talvez em milhões de anos no futuro.
Quanto Tempo Será Que a Humanidade Tem ?
Em primeiro lugar, gostaria de dizer que a minha visão é uma profecia. Mesmo porque eu estou falando de algo ocorrendo no futuro imediato. Digo isto porque JÁ acredito que uma linha irreversível de eventos foi iniciada, como dominós batendo uns sobre os outros. Várias mudanças acima descritas tornam-se cada vez mais inevitáveis. No entanto, o momento exato não está gravado na pedra. A humanidade realmente detém a chave para rapidamente ou lentamente fazer isto continuar. Se toda a humanidade proteger o meio ambiente, a janela de oportunidade pode ser prorrogada. Atualmente, as ações da humanidade estão encurtando rapidamente o tempo de vida da velha realidade.
Por isso, é difícil que em um futuro próximo continue viável para a existência da 3ª dimensão na Terra.
O que isto significa é que para aqueles que podem “entender” a minha mensagem, o tempo realmente chegou para acionar a sua própria evolução, o seu destino volta para as suas próprias mãos. Chegou a hora de ir para dentro e embarcar na jornada interior de expansão da consciência através das dimensões, através dos 5 PORTAIS na 5ª dimensão, o próximo capítulo da história humana.
O Novo Paradigma
O novo paradigma da 5ª dimensão é um lugar mágico para se estar. É um lugar de indescritível harmonia, alegria e interconectividade onde toda a vida é respeitada e valorizada. Acabou a desconexão com o divino. Vivemos em alinhamento, o nosso objetivo não é triturar e corromper para obter algum resultado material, em vez disso vamos explorar as maravilhas abundantes do Universo para aprender, evoluir e crescer. É verdadeiramente uma existência mágica, uma “Era de Ouro”.
Você pode começar a viver desta maneira agora. Você é encorajado a fim de facilitar a sua passagem para o novo paradigma. Apesar do fato de que a velha realidade ainda controla temporariamente os recursos do mundo e apesar do fato de você ter que trabalhar dentro dela por mais algum tempo, é importante que as pessoas ascendentes mudem a sua lealdade para a nova forma de existência.
Sintonizar com o divino, buscar a paz interior, se alinhar com o fluxo da alma, observar e responder a sincronicidade, tornar-se UM com a Mãe Terra.
O que você vai descobrir é que ao se sintonizar neste fluxo vai começar o colapso que vai carregá-lo através do cadinho de mudanças de uma forma mais edificante, capacitando e revigorando: as velhas camadas serão removidas da sua realidade e assim como uma libélula resplandecente seu novo estado de ser emerge.
Então, porque as almas que não fazem parte do novo Paradigma ?
Atualmente existe uma pequena minoria de seres que verdadeiramente se comprometeram com o caminho. Com o tempo, muitos mais provavelmente irão se juntar à medida que enxergarem a realidade. Mas ainda assim, a maioria provavelmente vai lutar e se esforçar para continuar ligada a velha realidade, pelo menos esta é a tendência atual. Isso significa que muitos não têm o nível vibracional para atingir a nova consciência até a janela ser fechada. Nesse caso, novas existências estarão disponíveis em outras constelações, compatíveis ao nível de vibração e evolução de cada um.
A vida no universo trabalha incansavelmente em direção à harmonia, equilíbrio e alinhamento em todos os lugares, felizmente !
Veja os Véus do Passado – Abra Seus Olhos Cósmicos
No decorrer do tempo a velha realidade será retirado da Terra conforme o novo paradigma da 5ª dimensão se instala. Saiba que existe uma grande quantidade para absorver e digerir. Mas quanto mais você investir na exploração do seu EU superior cósmico, mais obviamente isto se torna possível. No entanto, se você continuar ajustando a sua consciência para as limitações da velha realidade, então seu EU superior vai continuar parecendo estar “lá fora” (e você vai continuar se mantendo vinculado na velha consciência).
Eu não desejo nem espero que as pessoas aceitem cegamente ou acreditem no que estou compartilhando do que eu sinto agora e do que ainda está programada para acontecer. Mas você foi atraído para este texto por alguma razão. Em parte talvez porque você ressoou com ele. Nesse caso, convido-o a permanecer aberto à possibilidade do que eu estou compartilhando. Em seguida, questione sobre o que você está realmente testemunhando ter sido moldado em torno de você. Esteja consciente de que antes da “iluminação” você estava vendo o mundo através de véus subconscientes, sobre aquilo que você preferia que acontecesse ou era resistente ao que está acontecendo. Esteja consciente de que isto pode estar acontecendo com você. Trabalhe para sentir as contrações que estes véus causam (eu esbocei uma maneira de processar a tensão interna, a densidade, a origem da dor, do carma.
Eu acredito que existe um futuro brilhante nos esperando. Mas ele só vai ser autenticamente rosado, se você remover as lentes cor-de-rosa. Vai ser espetacular o que alguns vão ver como catastrófico, disto não há dúvida. Ele vai desafiá-lo, até o núcleo. Mas se você abraçar as mudanças completamente, então ele irá libertá-lo e expandi-lo de maneiras inimagináveis. A possibilidade de realmente testar a limitação da pequena 3ª dimensão e desdobrar as asas do seu verdadeiramente glorioso EU cósmico da 5ª dimensão que está esperando-o. Você vai começar a vê-lo de uma forma totalmente diferente. Cada vez mais você vai se sentir bem sobre ele e abraçar o que é susceptível de vir.
É hora de abraçar a radical transformação cósmica da Terra e mergulhar no córrego central de sua casa imaculada que está vindo. Todos no caminho para a 5ª dimensão !
Open
Mensagem de 6 de janeiro 2016
Fonte: wakeup-world – Tradução e Divulgação: A Luz é Invencível

03 janeiro 2016

Alerta: Se você usa forno de microondas, você corre perigo!


Durante a Segunda Guerra Mundial, dois cientistas inventaram um tubo que produzia micro-ondas chamado de magnetrão. Com o uso do magnetron pelo sistema de radar da Grã-Bretanha, as micro-ondas foram capazes de ajudar a encontrar aviões de guerra nazistas. Por acidente, Percy LeBaron Spencer, do Raytheon Company, vários anos mais tarde, descobriu que as micro-ondas também cozinhavam alimentos. Ele descobriu que as ondas de radar tinham derretido a barra de chocolate em seu bolso.

O primeiro forno de micro-ondas a ser vendido no mercado, chamado de Radar Range (Alcance do Radar), era tão grande e pesado como um frigorífico.
O aparelho evoluiu muito em aparência mas a tecnologia é a mesma: o uso das micro-ondas para aquecer, assar e cozinhar alimentos.

O problema é que micro-ondas não são para ser usadas em alimentos e em nenhum tecido vegetal ou animal.
Dentro de seu micro-ondas há 2,45 bilhões de hertz.
O risco direto para o consumidor, quando o aparelho é novo, não existe muito, pois a vedação dele garante a proteção contra o vazamento de radiação.
No entanto, à medida que o aparelho vai envelhecendo, o vazamento de radiação pela porta vai aumentando.
A quantidade de frequência para prejudicar o corpo humano é de 10 hertz.
Portanto, seja cauteloso e nunca fique perto de um micro-ondas em funcionamento.
Você não vai saber se o seu corpo está sendo prejudicado pelo vazamento até que o dano esteja feito.
Além do problema do vazamento de radiação, há outros.


Veja o que dizem algumas pesquisas:


• Um estudo realizado em 2003, na Espanha, provou que os legumes e frutas cozidos em um forno de micro-ondas perdem uma percentagem de 97% das substâncias que contribuem para a redução da incidência de doenças coronárias.

• Estudo publicado por Raum & Zelt em 1992 afirma:
"As micro-ondas produzidas artificialmente, incluindo as dos fornos, são produzidas a partir de corrente alternada e forçam um bilhão ou mais inversões de polaridade por segundo em cada molécula de alimentos que atingem. A produção de moléculas anormais é inevitável". "

• Dra. Lita Lee, em seu livro "Efeitos da radiação de micro-ondas na saúde", afirma que esse tipo de forno prejudica o alimento e sua radiação torna substâncias cozidas em perigoso produtos tóxicos e cancerígenos.
Segundo a dra. Lee, mudanças são observadas nas análises bioquímicas do sangue e nas taxas de certas doenças entre os consumidores de alimentos preparados no micro-ondas.

• Estudo realizado em 1991 pelo suíço Hans Ulrich Doctor Hertel, feito juntamente com o dr. Bernard H. Blanc, do Instituto Federal Suíço de Tecnologia e pelo Instituto Universitário de Bioquímica, mostrou que cozinhar ou aquecer alimentos nesse aparelho apresenta riscos muito maiores para a saúde do que o tradicionalmente cozimento (fogão).
Além disso, o estudo mostrou que as pessoas que comiam alimentos preparados no micro-ondas tiveram uma mudança no sangue, com perda de hemoglobina e linfócitos, o que pode causar deterioração no organismo.

Entre o que essas pesquisas descobriram, 

podemos destacar:

- Leite e cereais aquecidos no micro-ondas tiveram alguns de seus aminoácidos convertidos em carcinógenos (causadores de câncer).

- Frutas descongeladas no aparelho tiveram seus glicosídeos e galactose convertidos em substâncias cancerígenas.

- Nas carnes preparadas no micro-ondas, houve a formação de d-nitrosodienthanolaminas, um carcinógeno conhecido.

- Mesmo com a exposição extremamente curta de vegetais crus, cozidos ou congelados, houve a conversão dos seus alcaloides em carcinógenos.

- O calor do micro-ondas produziu nos vegetais vários tipos de danos em muitas de suas substâncias, tais como alcalóides, glicosídeos e galactosídeos.

- Total perda da biodisponibilidade de vitamina C, E, vitaminas do complexo B e minerais essenciais em todos os alimentos testados.

Investigadores russos também relataram uma acentuada degradação estrutural que conduz a uma diminuição de nutrientes de 60% a 90% em todos os alimentos testados.

O resumo do que constataram todas essas pesquisas sobre o micro-ondas pode ser transformado em motivos para você não usar o aparelho:


1. Maior taxa de distúrbios digestivos nos consumidores.

2. Aumento de casos de câncer de estômago e intestino.

3. Aumento na formação de células de câncer no sangue.

4. Distúrbios linfáticos que levam à diminuição da capacidade de impedir certos tipos de câncer.

5. Diminuição significativa no valor nutricional de todos os alimentos.

6. Aceleração da desintegração estrutural em todos os alimentos.

7. Perda de 60-90% do conteúdo de energia vital de todos os alimentos.

8. Redução do processo de integração metabólica de alcaloides, glicosídeos e galatosídeos e nitrilosides.

9. Destruição do valor nutritivo das carnes.

10. Diminuição da biodisponibilidade, que é a capacidade do organismo de utilizar o alimento, de vitaminas do complexo B, vitamina C, vitamina E, minerais essenciais e lipotrópicos em todos os alimentos.


fonte:
http://www.curapelanatureza.com.br/post/11/2015/verdade-sobre-o-forno-de-micro-ondas-que-voce-precisa-saber

Uma explicação mais detalhada: 

Ação das microondas sobre sistemas vivos.

O espectro das microondas vai desde as ondas de rádio até as ondas curtas infravermelhas. As microondas abragem o rádio, a televisão, o radar, os satélites, os telefones sem fio, instalações militares e também os fornos de microondas. Os efeitos destrutivos afetam as membranas celulares, a divisão celular, os glóbulos vermelhos do sangue. Podem provocar leucemia, alterações genéticas e chegam até a paralisação total dos ciclos naturais.

A microonda, tecnicamente produzida, baseia-se no princípio da corrente alternada. Matéria (átomos, moléculas, células) que é atingida por essa radiação eletromagnética sofre (segundo a frequência da radiação) bilhões de oscilações/segundo. Não existe átomo, molécula ou célula de um sistema orgânico que possa resistir a tamanha força destrutiva por muito tempo. Estruturas moleculares se rompem, moléculas são transformadas (em isômeros) e assumem outras qualidades.

O movimento caótico de oscilações provoca atrito entre as moléculas eproduz calor. No aquecimento convencional sobre o fogo ou no fo­gão, o calor parte de fora para dentro. O aqueci­mento provocado pelas microondas parte de den­tro para fora — começa principalmente onde existe água e o atrito transforma as energias em calor. Como a planta, o animal e o homem são compostos em até 80% por água, não é difícil imaginar os riscos biológicos das microondas.

Contrário à microonda técnica, a irradiação de microondas do Sol baseia-se no princípio da corrrente contínua. Ela não provoca atrito da matéria. Entenda atrito como um tipo de estresse. Portanto, ao ingerirmos alimentos aquecidos no microondas, fazemos uso de algo extrapolado em energia de estresse. Que loucura!

Células são rompidas

Ao lado do efeito térmico das microondas, ocorre ainda outro efeito que, porém, não se po­de medir como o efeito térmico: estruturas mo­leculares são rompidas, deformadas e despoja­das de suas funções naturais. As células são rompidas e a tensão entre o es­paço interno e externo da célula é anulada. Uma célula afetada dessa forma torna-se presa fácil de vírus e fungos. A agressão contínua suprime os mecanismos de reparo, a célula é obrigada a passar à respiração anaeróbica. Em lugar de H2O e CO2 (respiração aeróbica), são produzidos também os gases venenosos H2O2 e CO, como na célula cancerosa. Por isso é tão perigoso um va­zamento do forno de microondas. Sabemos, que todos os fornos de microondas apresentam permeabilidade e, com o passar do tempo, tornam-se mais permeáveis.

As microondas prejudicam as funções natu­rais de todos os sistemas vivos. Elas afetam a pele exposta, os olhos, os pulmões (na inspiração de ar irradiado) e, também, os alimentos irra­diados.As normas de segurança soviéticas permitiam apenas 0,01 miliwatts/cm² para exposição a microondas durante um dia de trabalho. Os limites nos EUA e na Europa Ocidental indicam 10 miliwatts/cm², isto é, um valor 1000 vezes superior. Cientistas do mundo inteiro verificaram hoje que os padrões de segurança dos russos tinham sido determinados de forma rigorosamente científica, com base na observação do efeito de microondas sobre o sistema nervoso central de homens e animais.

Uma amiga nossa, bioquímica, leu o artigo acima e imediatamente se lembrou do pai e da neta, dois casos de anemia em sua família que não tinham explicação e não estavam melhorando, apesar de medicação habitual. Ela aconselhou a mãe a não usar o forno microondas para preparar refeições. E, pediu à filha que não usasse mais o forno microondas para esquentar as mamadeiras. Em pouco tempo os exames de sangue mostraram que a anemia havia desaparecido em ambos.

Fonte: “Raum & Zeit”, número 55 de 1992. Traduzido na Revista ComTAPS, número 10, 1992. Site: www.taps.org.br
(*) Prof. Dr. Bernhard Blanc, do Instituto de Bioquímica da Universidade Federal, ETH, Lausanne, Suíça. Dr. Hans U. Hertel, do Projeto de Pesquisa de Biologia Ambiental, Wattenwil, Suíça.

10 MOTIVOS PARA NÃO USAR MICROONDAS:

Se você ainda não se convenceu aqui vai o trecho de um post da  Pat Feldman sobre o mesmo assunto. 
1. O organismo humano não é capaz de metabolizar os subprodutos ainda desconhecidos criados em alimentos aquecidos no microondas.
2. Os minerais, vitaminas e nutrientes de todo alimento aquecido em microondas são reduzidos ou alterados, de forma que nosso organismo receba muito pouco ou nenhum benefício desse alimentos ou, pior ainda, o corpo absorve compostos que não conseguem ser quebrados/digeridos apropriadamente.
3. Comer alimentos aquecidos em microondas frequentemente causa, a longo prazo, danos cerebrais permanentes, por conta do encurtamento dos impulsos elétricos no cérebro (despolariza ou desmagnetiza o tecido cerebral).
4. A produção de hormônios femininos e masculinos é diminuída ou alterada quando se come, com frequência, alimentos aquecidos em microondas.
5. Os efeitos do subproduto dos alimentos aquecidos em microondas são permanentes e ocorrem a longo prazo no organismo.
6. Os minerais das verduras aquecidas em microondas são alterados e se transformam em radicais livres cancerígenos.
7. Alimentos aquecidos em microondas causam câncer no inestino e no estômago. Isso pode explicar o rápido crescimento de casos de câncer de cólon nos últimos anos.
8. O consumo prolongado de alimentos aquecidos em microondas faz com que o número de células cancerosas no organismo aumente.
9. A ingestão contínua de alimentos aquecidos em microondas causa deficiências no sistema imunológico por conta de alterações na linfa e no sangue.
10. Consumir alimentos aquecidos em microondas causa perda de memória, concentração, instabilidade emocional e decréscimo da inteligência.
Trechos de um artigo de Anthony Wayne e Lawrence Newell

30 dezembro 2015

A respiração que emagrece.

Algumas grandes descobertas foram obra do acaso.
Por exemplo, a lei da gravidade foi descoberta, segundo se conta, quando Isaac descansava debaixo de uma árvore e uma maçã caiu sobre sua cabeça.
Ocorreu parecido com o ator japonês Miki Ryosuke.
Ele fez uma descoberta por acaso.
O ator garante que perdeu quase 13 quilos e 5 centímetros de cintura em apenas 7 semanas apenas respirando profundamente  alguns minutos por dia.

E o que é melhor: sem nenhum sacrifício físico e alimentar!


Ryosuke, 57 anos, afirma que os seguidores da dieta só precisam passar de 2 a 5 minutos por dia realizando respirações longas e, em seguida, expirar de forma agressiva. 

O inventor da dieta afirma tê-la descoberto por acaso, enquanto praticava técnicas de respiração, na tentativa de reduzir a sua dor nas costas. 
Depois de treinar essas técnicas, Ryosuke notou que estava perdendo peso.
E foi aí que teve o "estalo":  a solução para emagrecer rápido e sem grande esforço poderia ser aquela técnica.
Então o japonês elaborou, baseado na sua descoberta, os fundamentos da "dieta da respiração longa".

Para começar, ela deve ser feita em uma posição específica do corpo e, em seguida, inalar durante três segundos e depois expirar com vigor por sete segundos. 

Ryosuke afirma que os seguidores da dieta só precisam de dois minutos por dia para sentir a diferença.

O inventor da dieta da respiração diz que existem duas formas de segui-la.

A primeira envolve a contração das nádegas enquanto um pé deve ser colocado na frente do corpo e todo o peso deve ser jogado sobre o pé de trás. 
Nesta posição, a pessoa inala durante três segundos ao levantar os braços acima de sua cabeça. 
E, logo depois, deve expirar enquanto tensiona todos os músculos por sete segundos.

O segundo modo de praticar a técnica é ficar de pé enquanto aperta as nádegas e coloca uma mão sobre a barriga e a outra na parte inferior das costas.

A pessoa deve inspirar durante três segundos antes de expirar por mais sete segundos enquanto tensiona todos os seus músculos. 

O vídeo abaixo exibe uma demonstração dos dois modos.




Assista, pois, apesar de estar em japonês, ajudará você a entender nossa explicação.
Acredita-se que a dieta da respiração aumente a força muscular e acelere o metabolismo, elevando os níveis de oxigênio no sangue.

Jill Johnson, criador do “Oxycise”, outro programa de perda de peso com base na respiração, explica que a gordura é composta por oxigênio, carbono e hidrogênio. 
“Quando o oxigênio que respiramos chega às moléculas de gordura, ele as quebra em dióxido de carbono e água.” 
O sangue, então, captura o dióxido de carbono – um subproduto de nossos corpos – e o devolve para os pulmões para ser expirado. 
“Assim, quanto mais oxigênio nossos corpos usarem, mais gordura eles vão queimar”, completa.

26 dezembro 2015

Rudolf Steiner e as 12 Noites Santas.



Por Edna Andrade
É o assim denominado período que vai do Natal ate o dia dos Reis quando segundo a antiga tradição cristã, bênçãos divinas se derramam sobre nós através dos portais das 12 constelações do Zodíaco, o cinturão de estrelas em volta do espaço sideral no qual existimos.
As 12 badaladas da meia noite do Natal anunciam a vigília que é um preparo espiritual como se as Noites Santas fossem uma prévia dos 12 meses do ano que se inicia. As virtudes recebidas das hierarquias espirituais nesta época através da meditação injetam suas forças no nosso desenvolvimento espiritual ao longo do novo ano. Uma atenção especial deveria ser dada aos sonhos como mensageiros do espírito.
A tradição das 12 Noites Santas e o Zodíaco 
Podemos associar esta tradição à sabedoria antiga do Oriente através do relato da Jornada dos Reis Magos do Evangelho de Mateus. 2.2 a 10. Na noite em que nasceu o Salvador uma estrela se iluminou e este era o sinal há muito esperado pelos Iniciados do Oriente que durante 12 noites seguintes seguiram o brilho da estrela que os precedia até alcançar a criança que havia sido anunciada como o Messias.
O relato do Evangelho de Mateus nos remete para os mistérios espirituais da antiguidade etapa do desenvolvimento da humanidade da época do assentamento na região do Mediterrâneo quando aqueles que eram iniciados desenvolviam a visão clarividente através da qual o que hoje é considerado pela astronomia como corpos siderais eram vistos por eles como a manifestação de seres espirituais em atividade constante e transmutação contínua. A este antigo estado de consciência clarividente está associado o surgimento da astrologia, esta sabedoria baseada na analogia do movimento e posição dos astros com o destino humano.
Ao fazermos a vigília das Noites Santas podemos retomar a jornada dos Reis Magos através da ligação interior com este sabedoria a respeito das 12 constelações do Zodíaco.
Quem são os seres que vamos encontrar na jornada das 12 Noites Santas? 
Rudol Steiner refere-se às hierarquias espirituais em muitas de suas palestras. Inicialmente ele lhes dedica um capítulo na Ciência Oculta (1905) descrevendo a atuação delas na evolução do universo e do ser humano. As nove hierarquias espirituais podem ser contempladas como esculturas no portão sul da Catedral de Chartres desde o século XIII. Chartres foi a mais importante catedral gótica da idade média e neste portão chamado de Portão da Transubstanciação as hierarquias formam uma escada ascendente que representa o ensino espiritual da Escola de Chartres. O aluno deveria de degrau em degrau (gradualmente) adquirir consciência destes seres espirituais que representavam diferentes estados de consciência. Neste aprendizado o pensamento era considerado um instrumento necessário para a percepção do espiritual desde que fosse casado com a vivência dos sentimentos e assim tornavam-se ambos, pensar e sentir, órgãos de compreensão e de participação no mundo espiritual.
Os nomes das hierarquias se originaram de um manuscrito de Dionísio, o Aeropagita que fundou a primeira escola esotérica cristã da antiguidade. Dionísio um iniciado dos antigos centros de mistérios gregos renomeou os seres divinos que era chamados na antiguidade como os seres de Vênus, os seres de Mercúrio,etc. a partir da revelação do Cristo feita a ele por Paulo de Damasco em Atenas. O manuscrito sobreviveu ao longo de séculos até ir parar em Chartres e é intitulado Os Nomes divinos e a Teologia Mística descrevendo dramaticamente os nove níveis de seres divinos associados em grupos de três hierarquias que participaram da evolução da terra e do ser humano.
A primeira hieraquia inclui os Serafins, Querubins e Tronos que iniciaram a evolução estando tanto no seu início como no seu fim – no Alfa e no Omega, Eles atuam a partir do divino, da esfera macrocósmica que é denominada como a esfera do Pai, de Deus, de Alá. do amor divino, da doação cósmica. Eles são seres de um estado evolutivo anterior ao nosso, tão avançados em sua evolução que foram capazes de fazer fluir de si a sua própria substância dando nascimento ao atual estado do nosso sistema solar.
A segunda hierarquia é formada pelos Kyriotetes, Dynamis e os Exusiai. Enquanto no processo de configuração do nosso Cosmos a primeira hierarquia atuou de fora eles de dentro do processo acolheram os planos divinos transformando-os em sabedoria, dando-lhe movimento e forma.
A terceira hierarquia os Arqueus, Arcanjos e Anjos próximos ao seu humano porque desenvolveram a sua essência nesta etapa evolutiva em que nós Anthropos nos encontramos e na qual estamos destinados a nos tornamos co-criadores da evolução.
Já nos últimos anos de sua vida em uma palestra intitulada a Palavra Cósmica e o Homem Individual (2/05/1923) Rudolf Steiner chama a atenção para o fato de que o homem auto consciente deveria re-aprender a vivenciar as hierarquias na sua vida interna como realidades. Nesta palestra ele diz que estes seres espirituais vem ao nosso encontro quando nos preparamos para conhecê-los e falarão a nossa alma primeiramente como pensamentos e sentimentos e só então o perceberemos como realidades.
Em um texto intitulado O Zodíaco e as Hierarquias Espirituais, Sergej Prokofieff atualmente um dos dirigentes mundiais da Antroposofia, inspirado por diversas palestras de Rudolf Steiner descreve o ensino espiritual de Chartres nesta tradição da vigília das 12 noites santas. Ele delinea a escada de expansão da consciência que ajuda a dar nascimento no último degrau ao ser divino em cada um de nós. O primeiro degrau da escada se assenta na esfera humana terrena e cada degrau no leva gradualmente à esfera macrocósmica à esfera divina.
Prokofieff faz uma analogia entre este caminho de transformação e o processo de desenvolvimento descrito por R. Steiner como o caminho de Jesus a Cristo. Jesus nasce como a criança arquetípica destinada a se desenvolver como um ser humano de tal forma que possa acolher em si o Eu do Cosmo no Batismo do Jordão. Este acontecimento místico derramará sua influência por sobre toda a história humanidade como um grande arquétipo de desenvolvimento espiritual.
PRIMEIRA NOITE SANTA (dia 25)
Soam as 12 badaladas da meia noite anunciando o Natal. Vem a aurora, atravessamos o dia, cai a noite e uma luz se acende no céu irradiando um brilho que emana da Constelação de Peixes e ilumina a primeira vigília santa. Estamos no primeiro degrau da escada que está assentada na esfera humana terrena na dimensão da existência do anthropos – o ser da liberdade. A liberdade é uma das duas principais forças espirituais que nos foram destinadas conquistar ao longo da vida. A outra força será ao final da escada, o amor. A sabedoria antiga nos conta que foram as forças espirituais de Peixes que configuraram os pés humanos. Quando observamos os pés verificamos que eles são formados em forma de uma abóboda que vai propiciar simultaneamente com a verticalização da coluna o andar ereto, primeiro grande aprendizado da vida. Quando criança nos arrastamos, engatinhamos e finalmente nos erguemos e nos apoiamos nos próprios pés superando as forças da gravidade significando isto uma grande conquista e a condição para o desenvolvimento do pensamento, sendo o pensar o que diferencia o Humano dos outros reinos da natureza. Ao longo da vida seguidamente fazemos uma analogia íntima com este fato: “andar nos meus próprios pés, saber por onde ando,”, seguir os meus próprios passos,” “não vou andar nos passos de ninguém” são expressões que expressam uma correta relação com a terra e com o destino em termos de liberdade pessoal.
Nesta primeira Noite Santa recebemos da constelação de Peixes os impulsos para se firmar nos próprios pés e se erguer, condições básicas para alcançar a liberdade individual, meta ao qual nos destinamos como seres individualizados.
SEGUNDA NOITE SANTA (dia 26)
Nasce o Sol, atravessamos o segundo dia, cai a noite e uma nova luz brilha no céu irradiando da Constelação de Aquário o segundo degrau desta escada espiritual. Deste portal emanam para nós as forças espirituais dos Anjos. Os anjos são representados pela figura de um ser que derrama a água, o símbolo da vida e assim eles também são chamados de “Filhos da Vida”. Eles são os seres espirituais imediatamente superior a nós mantendo conosco uma relação próxima. O encontramos logo cedo no nascimento quando “parecemos anjos” nosso corpo vital ainda muito latente, cheio de vida. Na infância ele é chamado de “Anjo da Guarda” e é sempre representado em todas as culturas protegendo a criança dos perigos sendo o seu guia e como guia ele permanece ao longo de toda a nossa vida. “Pergunte ao seu anjo da guarda” freqüentemente escutamos quando estamos em dúvida em relação ao caminho a seguir, a que decisão tomar. Na vida adulta ele se transforma em nosso Guia Espiritual, nosso verdadeiro Self . “Assim deverás ser” nos fala no íntimo transmutando contínuamente forças vitais em forças de consciência fazendo surgir nos pensamentos as imagens orientadoras para a nossa vida.
Nesta segunda Noite Santa recebemos através do Portal da Constelação de Aquário os impulsos dos Anjos para que possamos enxergar e permanecer fieis aos nossos ideais. Os nossos ideais iluminam e protegem o nosso caminho e apontam para onde devemos seguir.
TERCEIRA NOITE SANTA (dia 27)
Atravessamos mais um dia, cai a noite e uma nova luz brilha no céu irradiando da Constelação de Capricórnio o terceiro degrau nesta escada espiritual e deste portal emanam para nós as forças espirituais dos Arcanjos. Os Arcanjos são denominados de seres da luz. Rudolf Steiner os descreve na Ciência Oculta como aqueles seres que durante a evolução acordaram ao enxergar o seu próprio reflexo no exterior. Quando eles doaram sua própria essência esta sua essência era a própria luz que irradiou para os quatro cantos do universo. A luz dos arcanjos é representada hoje em nós pela nossa inteligência que irradia para o meio ambiente e torna consciente para nós mesmos e para o mundo a nossa própria existência. Os arcanjos se tornaram na evolução guardiões da inteligência cósmica com a missão de proteger o amor divino contido nesta inteligência que criou e transformou tudo em sabedoria para o bem de todos .
Nesta terceira Noite Santa recebemos através do Portal da Constelação de Capricórnio os impulsos dos Arcanjos para o fortalecimento da nossa personalidade através da expansão da luz e autonomia da nossa inteligência.
QUARTA NOITE SANTA (dia 28)
Atravessamos mais um dia, cai a noite e uma nova luz brilha no céu irradiando da Constelação de Sagitário de onde emanam as forças espirituais dos Arqueus, os Seres da Personalidade. Isto significa que eles não só possuem um Eu como sabem que o possuem e através desta consciência intensificada eles criam uma imagem de si no exterior.. Eles projetam no exterior a força de sua luta interna que é a própria luta do centauro, do ser humano emancipado por um lado na sua inteligência mas por outro lado, em luta constante para superar suas forças animalescas, seus instintos selvagens, suas forças egoísticas. Os arqueus são considerados os Espíritos do Tempo porque esta luta é a própria luta de desenvolvimento humano do nosso tempo abrangendo algo que ultrapassa todas as etnias e se torna uma influência cultural na nossa civilização. Aqui a tarefa anterior dos Arcanjos que era proteger a sabedoria cósmica das intenções egoístas é ampliada pelos Arqueus estando expressa no desafio da nossa civilização moderna na luta entre o materialismo exarcebado e a preservação dos recursos naturais. No portal sul da Catedral de Chartres a escultura de Micael preside as 3 hierarquias. Rudolf Steiner constantemente se refere a ele como o Regente desta nossa Época com a missão de dominar o dragão o ser mítico em cuja forma está representado o nosso intelecto onde a sabedoria cósmica foi apropriada através da compreensão das leis, através da ciência natural e precisa ser colocada no mundo de forma mais ampla para o bem de todos. Tanto no aspecto pessoal de construção da personalidade como neste aspecto temporal esta luta representa um cair e levantar constantes.
Nesta quarta Noite Santa recebemos através do Portal do Sagitário os impulsos espirituais dos Arqueus para o fortalecimento da personalidade de forma que tenhamos forças de estabelecer e sustentar impulsos mais abrangentes na nossa vida que nos orientem para o futuro e que contenham metas espirituais para a nossa existência.
QUINTA NOITE SANTA (dia 29)
Nasce de novo o sol, atravessamos um novo dia e cai a noite e uma nova estrela brilha no céu irradiando da Constelação de Escorpião através do qual emanam as forças espirituais dos Exusiai os Seres da Forma. Agora atingimos o âmbito da segunda hierarquia. Eles também foram seres de um estado evolutivo anterior tão avançados em sua evolução que podem acolher os planos divinos e torná-los manifestos de forma que haja uma concordância entre a esfera macróscomica da consciência cósmica e o nosso sistema solar que é uma expressão microcósmica onde a nossa existência humana está inserida, onde a biografia humana transcorre. Os Exusiai estão envolvidos nos processos de criação de um novo ser, na transformação de uma forma em outra, na metamorfose constante da substância,. Na Bíblia eles são chamados de Elohins e no corpo humano as forças de Escorpião configuraram os genitais a partir dos quais é possível a procriação ou seja a criação de um novo ser físico. Estamos no âmbito das forças sexuais que são as forças que oscilam tanto para o egoísmo mais absoluto, aquilo que pode ser caracterizado como o mal porque ao oferecer a possibilidade da maior satisfação imediata podem subjugar o humano ao nível do animalesco. Mas que também trazem uma das maiores possibilidades para a superação do egoísmo e transcendência de forças. Se em Sagitário tínhamos a imagem de um cair e levantar constantes entre o animalesco e o humano aqui temos a imagem de uma luta na nossa vida interior entre a morte e ressurreição. E esta é uma luta que ocorre em âmbito muito individual onde em liberdade oscilamos entre as sombras que obscurecem o nosso ser, os esconderijos onde vive o Escorpião venenoso e as forças de expansão do ser representadas pela águia que se eleva às alturas e de lá contempla o Todo. O Escorpião é então o signo das forças duplas, tanto destrutivas, retrógadas que mudam constantemente de aparência e invadem a nossa alma caotizando a vida como é também portador de forças construtivas que tem a ver com transmutação constante e contínua superação para que a substância divina, o Espírito possa em nós ser plasmado de novo e sempre. No apocalipse esta característica de forças duplas é apresentada como a espada de dois gumes.
Nesta quinta Noite Santa recebemos através do portal de Escorpião os impulsos espirituais dos Exusiai para aceitar por um lado as nossas fraquezas, e por outro lado recebemos impulsos espirituais para a superação e transformação destas forças.
SEXTA NOITE SANTA (dia 30)
Temos o nascer do sol, a passagem de mais um dia e o cair da sexta Noite Santa. Uma nova estrela brilha no céu irradiando da Constelação de Balança o portal através do qual emanam as forças espirituais dos Dynamis os Seres do Movimento. Continuamos no âmbito da segunda hierarquia. Na evolução os Dyamis acordaram ao perceber o que estava ocorrendo em volta deles e atuaram criando um equilíbrio dinâmico, uma correta relação, uma permanente reciprocidade entre as coisas. Estar em desequilíbrio significa estar separado, não está inserido na unicidade de todas as coisas. Suas forças configuraram a bacia que é responsável pelo equilíbrio no manter-se ereto. No trabalho biográfico estudamos a expressão da Balança por volta dos 28 anos que é o marco de mudanças entre as forças do passado que nos carregaram até aí e as forças do futuro que trazem a possibilidade de uma nova expressão da nossa individualidade através da nossa capacidade de transformar a herança da educação herdada. . Os Dynamis nos oferecem a possibilidade de colocar as influências do passado e as possibilidades do futuro, o dentro e o fora, os processos de fusão e de separação em uma correta relação de reciprocidade, em um equilíbrio dinâmico.
Na sexta Noite Santa através do portal da Balança recebemos dos Dynamis os impulsos espirituais para desenvolver o equilíbrio interior e conseguir conter as forças de dispersão para se ter uma vida coerente e harmoniosa.
SÉTIMA NOITE SANTA (dia 31)
De novo temos o nascer do sol que anuncia o novo dia e no final deste o cair da noite. Uma nova estrela brilha no céu emanando luz da Constelação da Virgem o portal do qual emanam as forças dos Kyriotetes os Seres da Sabedoria. Na evolução eles acordaram ao perceber a existência de outros seres para os quais criaram então o espaço do acolhimento. Estamos ainda no âmbito da segunda hierarquia que acolhem e realizam os planos divinos. As forças do Signo da Virgem configuraram o ventre que é um aspecto físico do feminino que pode receber e gerar outro ser. A alma, a nossa vida interna também tem esta qualidade do feminino de levar para dentro, de acolher no íntimo e de guardar a nossa essência, o nosso Eu.  A Virgem é a imagem terrestre da Alma cósmica, a Sofia e ela é considerada virgem porque corresponde a um aspecto de nossa alma que permanece intocada pelas necessidades terrestres e pode então acolher e gerar o Espírito individualizado em nós. Isto significa um estado de entrega e doação constantes, de cortesia e polidez.
Na sétima Noite Santa através do portal da Virgem recebemos os impulsos espirituais dos Kyriotetets que são capacidades de criar o espaço para algo novo ser gestado no íntimo e de encontrar forças a partir do seu próprio interior para fazer desabrochar a sua vida.
OITAVA NOITE SANTA (dia 01)
Nasce um novo Sol, atravessamos mais um dia e vem o cair da noite. Uma nova estrela brilha no céu emanando luz da Constelação de Leão, o portal do qual emanam as forças dos Tronos os Seres da Vontade . Alcançamos a primeira hierarquia, de seres espirituais muito evoluídos que manifestam as intenções divinas atuando da esfera macrocósmica para dentro do nosso sistema solar. Na evolução os Tronos eram seres tão completamente conscientes de si que seu querer era sua própria substância e este querer é tão exaltado que estes seres produziam calor e doaram sua própria substância. As forças de Leão configuraram o coração humano e os dirigentes da antiguidade e os reis da idade média associavam sua realeza com este signo que era relacionado com a coragem e a prontidão de realizar no exterior o que é determinado a partir de dentro: a voz do coração.
Na oitava Noite Santa, a partir do portal do Leão recebemos os impulsos de entusiasmo e coragem para enfrentar as provas que o destino nos trazem
NONA NOITE SANTA (dia 02)
De novo sai o Sol, atravessamos um novo dia e vem o cair da noite. Uma estrela brilha no céu emanando o seu brilho da Constelação de Câncer o portal do qual emanam as forças espirituais dos Querubins os Seres da Harmonia. Foi a ação dos Querubins no início da evolução que criou o cinturão protetor de estrelas em volta do nosso sistema separando-o da totalidade macrocósmica Esta ação está expressa na própria configuração do tórax: as forças de Câncer configuram os doze pares de costela, o invólucro protetor físico do coração, o órgão da vida. . Os Querubins trazem o impulso para que as transições de um ciclo para outro ocorram de forma harmoniosa. Eles atuam na forma da espiral cujas forças vem do ciclo anterior, criam um invólucro e se direcionam para o próximo ciclo – em uma seqüência repetitiva, harmoniosa. Podemos observar estas espirais cósmica também em ciclos menores da natureza . São os Querubins que cuidam por exemplo que a semente do outono renasça como uma nova planta na primavera. Na biografia encontramos também estas transições no nosso desenvolvimento que às vezes se apresentam de forma dramática como crises .
Na nona Noite Santa através do portal de Câncer recebemos os impulsos espirituais dos Querubins que nos trazem força para nos harmonizarmos com o novo e cria aconchego para que os momentos de transição ocorram de forma harmoniosa.
DÉCIMA NOITE SANTA (dia 03)
De novo sai o sol, atravessamos um novo dia e vem o cair da noite. Uma estrela brilha no céu emanando seu brilho da Constelação de Gêmeos, o portal através do qual emanam as forças espirituais dos Serafins os Seres do Amor. Amor que não está mais assentado nos laços físicos, nos laços da paixão mas em laços espirituais. O amor fraterno. Os gregos tem um mito através do qual podemos saber do que se trata. O mito do Kastor e do Polydeukes irmãos que eram filhos da mesma mãe com pais diferentes sendo que Castor era mortal e o Polydeukes imortal. Ocorreu que Castor morreu e o seu irmão foi até Zeus e pediu que a sua imortalidade fosse retirada e concedida ao Castor e Zeus comovido tornou-os ambos imortais e os colocou no céu na forma de uma constelação. Ou seja elevou-os a condição macrocósmica e o que os tornou imortais não foram os laços de sangue mas o abrir mão de si que resultou numa forma ainda mais elevada de amor. No Evangelho temos a sentença desta forma de amor: “onde dois estiverem reunidos em meu nome eu estarei no meio deles” – ou seja abre-se mão do próprio Eu e ganha-se um outro Eu que é eterno. A fraternidade é o mais poderoso impulso para a vida social porque ela pode quebrar as barreiras de status, de etnia e de crenças.
Na décima Noite Santa através do portal de Gêmeos os impulsos espirituais dos Serafins ajudam a vencer a barreira do individualismo e da solidão.
DÉCIMA PRIMEIRA NOITE (dia 04)
De novo vem o Sol e um novo dia e ao cair da noite uma estrela brilha no céu emanando seu brilho da Constelação de Touro portal por onde adentra à esfera do Zodíaco vindo das regiões macrocósmicas o sopro do espírito. Se lembrarmos dos Reis Magos estava próximo o lugar onde se encontrava a criança e iluminando a noite o brilho da estrela que os precedia ampliava enormemente a dimensão do deserto. A alma se elevou tocando outra dimensão que não é terrena e o Espírito Santo adentra a dimensão humana manifestada no Batismo de João sob a forma de uma pomba. É uma noite de grande expansão da alma, os horizontes se ampliam e a nossa alma pode se elevar a um estado anímico cósmico alcançando a dimensão da alma do Cosmos, da Sofia divina e sentir a presença do espírito . No Antigo Egito isto era representado nas esculturas que portavam os chifres do Touro com o espaço entre eles preenchido por um disco solar coroando a cabeça do faraó considerado o descendente direto de Deus. Foram as forças do Touro que configuraram a laringe, o órgão da fala que segundo o Steiner está em transformação e que nos estágios evolutivos futuros do ser humano a palavra terá de novo a força plasmadora referida nas Gênesis de todas as religiões. No princípio era o verbo e o verbo estava em Deus. A palavra será como uma lança sagrada de expressão do amor divino.
Na décima primeira Noite Santa através do portal do Touro, o Espírito Santo emana a plenitude do amor divino inspirada como persistência em relação ao que se pretende alcançar.
DÉCIMA SEGUNDA NOITE (dia 05)
Um novo Sol e um novo dia e no cair da última noite desta ascensão através das hierarquias espirituais. Alcançamos o último degrau desta escada que já nos transportou para as fronteiras do universo. Este é o portal por onde o filho de Deus, o Eu cósmico adentrou da esfera macrocósmica, da esfera do Brama, Javé, de Alá, da esfera do divino para a nossa existência. Através deste portal ressoa no nosso cosmos vindo das regiões macrocósmicas além do zodíaco a voz do Pai “Este é o meu filho muito amado, hoje eu o engendrei.” Como um eco longínquo é feito o Reconhecimento a síntese de todo o caminho unindo o Natal ao Batismo.
O Natal como o nascimento da criança natural e o Batismo como o posterior nascimento da criança divina o Cristo como uma luz brilhando no interior, como um Sol interno na alma livre e plenamente consciente. A voz de Deus é a voz da consciência humana que eleva o Eu de uma condição terrena, inferior a uma condição cósmica, superior trazendo para o ser humano a possibilidade de se tornar o ser da liberdade e do amor – a décima hierarquia espiritual .
Palestra proferida por Edna Andrade na Clínica Tobias em São Paulo no Natal de 2006. O texto pode ser reproduzido desde que citada a autoria.
Bibliografia 
A Ciência Oculta – R. Steiner – Ed. Amtroposófica
O Zodíaco e as Hierarquias Espirituais – Sergei Procoffiev
The Golden Age of Chartres – René Querido – Floris Books

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...