25 fevereiro 2008

Alerta- Chicletes Língua de Múmia da Arcor

Para quem tem filhos, sobrinhos, primos...
QUEM TIVER CRIANÇAS NA FAMÍLIA DEVE TOMAR CONHECIMENTO DISSO.

Gente, aconteceu comigo e com a Júlia, gostaria que vocês repassassem a quem tiver crianças.

No dia 08 de Dezembro/07, após adquirir o chicletes 'Língua de Múmia - O chiclete que paralisa sua língua, da Arcor' em uma loja do Shopping Pátio Savassi, minha filha ter colocado o chiclete na boca, ela simplesmente perdeu o ar. A impressão inicial que tivemos foi que ela havia se engasgado com o chicletes e o mesmo estivesse preso em sua garganta.
Porém, imediatamente vi que ela simplesmente havia cuspido todo o chicletes e ainda assim não respirava, fazendo um barulho de perda total de fôlego. Entrei em pânico, comecei a gritar, e toda a equipe do shopping se mobilizou, acionando bombeiros e a pessoa responsável pelo ambulatório do shopping. Enquanto eles não chegavam e minha filha lutava para respirar, minha mãe, que estava conosco, começou a apertar a minha filha por trás, pressionando logo abaixo das costelas, até que Júlia começou a expelir pela boca um líquido amarelo. Foram quase 3 minutos de agonia, os piores de minha vida, quando tive a terrível sensação de que perderia minha filha. Não consigo nem explicar o que senti tamanho o desespero.
Aparentemente o aperto embaixo das costelas e o fato de Júlia ter expelido o líquido a ajudou a recomeçar a respirar aos poucos, apesar de se mostrar extremamente nervosa e chorando muito.
No ambulatório, a responsável Thaís, que fez o registro do ocorrido, disse que a sensação de dormência ou 'paralisia' que deveria ter sido na língua, foi na garganta, pelo fato dela ter engolido o líquido (saliva com o corante e demais ingredientes do chicletes) o que fez com que ela tivesse o ataque pelo qual passou, sem ar.
Solicito com urgência uma avaliação imediata da empresa em relação a este chiclete que de maneira alguma pode continuar a ser vendido e consumido por crianças. Imagino se minha filha consumisse um chiclete desses que estivesse, por exemplo, em um local sem o apoio que tive por parte de minha mãe e dos profissionais acionados pela equipe do Shopping Pátio Savassi o pior poderia ter ocorrido.
Estou em pânico e traumatizada com tudo o que aconteceu, e sinceramente espero uma reação imediata da Arcor na suspensão da venda desse chicletes.
O registro do atendimento de Júlia foi feito no livro do ambulatório do Shopping Pátio Savassi. Já escrevi para o serviço de atendimento da Arcor e estou aguardando uma resposta.

Luiza Helena Meyer de Moraes
Belo Horizonte - MG
Andréa Baeta
Cel: (11) 8961-4128
(13) 8111-2094
andreabaeta@terra.com.br

8 comentários:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  2. terrivel... concordo plenamente

    ResponderExcluir
  3. JA COMI USEI O LINGUA DE MÚMIA E NUCA TIVE NADA. AFF LANG LANG

    ResponderExcluir
  4. JA COMI USEI O LINGUA DE MÚMIA E NUCA TIVE NADA. AFF LANG LANG

    ResponderExcluir
  5. Eu me lembro desse chiclete, sempre comprava. Agora entendi pq n vende mais

    ResponderExcluir
  6. Eu me lembro desse chiclete, sempre comprava. Agora entendi pq n vende mais

    ResponderExcluir
  7. Pô, eu considerei o melhor chiclete da história, gastei absurdos com isso, nunca tive nada, acho que o caso da tua filha foi mais questão de azar. Sinto falta desse chiclete toda semana, mas acho que vale a pena por conta desse ocorrido. Não me importaria de comprar mais algumas caixas de qualquer forma.

    ResponderExcluir
  8. Era o melhor chiclete que existia, minha mae trazia 1 caixa inteira por semana, nunca tive problema nenhum, sinto falta até hoje e procuro achar alguém q tenha guardado uma caixa.

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...