28 junho 2016

EXCLUSIVO: Eleuthero, o Rei do Vegetais.


Por Micheal Rosenbaum M.D.
Você pode não ter ouvido falar sobre ele. . .
Mas, no século 16, um homem na China criou em um grande projeto de pesquisa em fitoterapia. 

Li Shih-Chen, um farmacologista e médico, escreveu um manuscrito de 52 volume para documentar os tratamentos utilizados na medicina tradicional chinesa. 
Ele cobriu mais de 10.000 substâncias utilizadas para melhorar a saúde.
Mas havia uma erva em particular, que se destacou entre as outras. Quando ele examinou a planta Eleuthero, popularmente conhecida hoje como Ginseng Siberiano, ele percebeu que não havia nenhuma outra com suas características únicas. Ele escreveu:
"Eu preferiria ter um punhado de Eleuthero do que um carregamento de ouro e jóias." [1]
Os benefícios do Eleuthero são extremamente poderosos quando se trata de proteger e nutrir a boa saúde.


Uma planta superior

Eleuthero é classificada como uma erva adaptogênica, um grupo verdadeiramente poderoso e sofisticado de plantas. Ao contrário de muitas ervas, estes adaptogênicos funcionam sutilmente no corpo de maneira sistêmica para aumentar a sua saúde em geral.
Eles são conhecidos por ajudar seu corpo a se adaptar às mudanças do ambiente. E eles podem ser usados ​​com segurança por longos período de tempo. Por esta razão, tradicional medicina chinesa classifica as plantas adaptogênicas como Ervas Superiores. 

Ao mesmo tempo que adaptogênicos foram considerados vegetais superiores, o Eleuthero foi eleito como soberano entre os adaptogênicos. 


Benefícios dessa planta incrível.

Li Shih-Chen não foi o único pesquisador médico fascinado com Eleuthero. A partir dos anos 60 - cientistas soviéticos encarregados de encontrar formas de provar a superioridade soviética - pesquisaram em sobre o eleuthero que cresce nas florestas da Sibéria. E eles não ficaram desapontados.
Eleuthero foi usado para aumentar a produtividade dos trabalhadores, reforçar o seu exército, tornar atletas campeões. . .
Dr. Ben Tabachnik, treinador soviético, um ex-pesquisador de nutrição esportiva, atribuiu ao eleuthero a façanha de ajudar a equipe olímpica soviética dominar nos Jogos Olímpicos de 1988. [2]
Cosmonautas soviéticos brindaram ao alcançar a órbita da terra em 1967 com uma rodada de um extrato de eleuthero [3]

Na verdade, os cientistas soviéticos estavam tão animados sobre a forma como esta raiz melhora o desempenho dos atletas, que eles ampliaram suas pesquisas sobre o eleuthero e informações sobre este vegetal tornou-se um segredo de Estado soviético muito bem guardado por muito tempo!
No entanto, eles não poderia manter este segredo para sempre. Depois de descobrir uma tradução de um estudo sobre Eleuthero em uma base aérea dos EUA, Dr. Bruce Halstead, MD, pesquisador em fitoterapia, ficou muito curioso. Ele fez uma viagem sem precedentes para a Sibéria, para se reunir com um dos principais pesquisadores do Eleuthero, Dr. Israel Brekhman, PhD.
A notícia se espalhou rapidamente graças ao trabalho do Dr. Halstead, mais e mais médicos, pesquisadores, fisiologistas esportivos e especialistas anti-envelhecimento adicionaram novos estudos nessa pesquisa. Atualmente já se conta com mais de 3000 estudos. O Eleuthero tem sido estudado mais do que qualquer outra planta na Terra! Tem sido estudada por pesquisadores da Alemanha, Suécia, China, Armênia, Coréia, Inglaterra, Japão e Estados Unidos. [4]

E continua a fascinar os cientistas, médicos e terapeutas holísticos, graças aos seus excepcionais. benefícios para a saúde.

E eu sou um deles. Mais notavelmente, porque Eleuthero é um precioso aliado em um mundo estressante. 
Esta erva parece ajudar seu corpo a lidar com um dos maiores desafios dq saúde que todos enfrentamos: Estresse.
Eleuthero vai ajudá-lo a lidar com a vida estressante de várias maneiras:

• Eleuthero ajuda seu corpo a se adaptar ao estresse e torna a sua resposta ao estresse muito mais eficiente.


• Eleuthero fortalece a sua memória e ajuda você a ficar lúcido, mesmo quando você está sob muita pressão.

• Eleuthero ajuda você a desfrutar de energia sustentada no longo prazo, sem o nervosismo ou montanhas-russas de energia de estimulantes como a cafeína.

Agora, para ser claro, o Eleuthero não vai eliminar as fontes de estresse em sua vida. No entanto, através do reforço que ele proporciona ao seu organismo, energizando você, ele vai ajudá-lo a sempre manter a calma, mesmo sob pressão. O Eleuthero lhe dá um suporte poderoso para confrontar os problemas da vida moderna.
Eu usei Eleuthero diariamente por 30 anos. E eu o receitei a centenas de pacientes. Eleuthero é uma complementação segura e de valor inestimável para qualquer regime nutricional.

Mas há apenas um tipo de suplemento de Eleuthero eu 
recomendo Para obter o máximo de energização e todos os benefícios que ele proporciona como aumentar a capacidade mental e o efeito anti-estress, eu só uso Sun Eleuthero. 
E melhor ainda, agora com certificação orgânica, o Sun Eleuthero, te permite desfrutar de todos os benefícios desta planta magnífica de uma forma mais limpa e mais saudável.



* Dr. Michael E. Rosenbaum formou-se médico na Albert Einstein College of Medicine, New York City e obteve seu Master of Sciences degree na Universidade Hebraica de Jerusalem. Dr. Rosenbaum é um pesquisador veterano há mais de 30 anos e pioneiro amplamente reconhecido no campo da medicina nutricional, cuidados médicos alternativos e acupuntura médica. 
É autor e co-autor de vários livros e publicações, incluindo, "Chlorella - o Supernutriente e suas Propriedades Benéficas" e Como Resolver o Enigma da Síndrome de Fadiga Crônica. 
Como um dos especialistas mais respeitados da América em matéria de saúde e cura natural, Dr. Rosenbaum tem sido um palestrante freqüente a grupos profissionais médicos e tem participado em inúmeros programas de televisão e de rádio nos EUA.

Tradução: Mick Bernard

Fontes:

[1] Halstead, BW et al. Eleutherococcus Senticosus: Siberian ginseng: An Introduction To Adaptogenic Medicine. Oriental Healing Arts Institute. P. 15

[2] Yance, D. Adaptogens in Medical Herbalism. Healing Arts Press, 2013. p. 82-83

[3] Halstead, BW et al. Eleutherococcus Senticosus: Siberian ginseng: An Introduction To Adaptogenic Medicine. Oriental Healing Arts Institute. P. 15

[4] Yance, D. Adaptogens in Medical Herbalism. Healing Arts Press, 2013. p. 81


Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...