29 maio 2014

Os benefícios da água oxigenada.



Você sabe os benefícios que a Água Oxigenada traz? 

90% das pessoas não sabem, porque não é divulgado, por ser um produto de fácil acesso e que não dá lucro por ser muito barata!
Por isso, pesquisei muito e trago as informações que vão te auxiliar no dia-a-dia, acompanhe a lista de benefícios:


1- Mata os germes bocais e
2- Clareia os dentes (coloque uma colher de sobremesa de água oxigenada vol. 10 e faça bochecho, depois cuspa);
3- Tira os germes das escovas de dentes que causam gengivite e outros (mantenha a escova numa solução de água oxigenada);
4- Desinfeta as superfícies melhor que qualquer outro produto (excelente para banheiros e cozinhas);
5- Elimina fungos dos pés que causam chulé (utilize á noite sobre os pés, também evita frieira e outros fungos);
6- Evita infecções,
7- Desinfeta
8- Ajuda na Cicatrização (use várias vezes ao dia, alguns casos de gangrena regrediram com o uso);
9- Mata germes e outros microorganismos nocivos
10- Alivia o nariz que estiver com constipações, gripe ou sinusite (misture meio-a-meio com água pura e pingue no nariz, espere alguns minutos e assoar o nariz);
11- Ajuda manter a pele saudável (use no banho, pode ser usada em caso de Mico
12- Desinfeta roupas que tiveram contato com sangue ou secreções corporais (Deixe de molho numa solução de água oxigenada antes da lavagem normal);
13- Mata bactérias na cozinha, inclusive salmonela (após o uso dos utensílios, desinfete com água oxigenada);
14- Remove tártaro dos dentes (molhe a escova com a água oxigenada e escove normalmente, o tártaro sai aos poucos);
15- Descolorir pêlos dos braços (aconselhável passar creme de óleo de amêndoas antes de iniciar o processo, use a água oxigenada vol. 40 + pó descolorante, passar sobre os pêlos que deseja descolorir e aguardar entre 10 á 30 minutos, lave o local onde passou a loção, após o processo);
16- Clareia as manchas no rosto (passe toda noite com pequenos ?toques? em cima da mancha que deseja sumir);
17- Clareia as unhas ( coloque num pote água quente e uma tampinha de água oxigenada ou uma colher de sopa do produto, deixe suas unhas mergulhadas nessa solução por 10 minutos e retire. Obs: As unhas devem estar limpas e sem esmalte);
18- Tira água do ouvido (Pingue uma gota de água oxigenada e tira aquele efeito aquário, quando fica muito tempo na água da piscina ou do mar);
19- Deixa os pés lisos, livre de rachaduras (coloque 10 comprimidos de melhoral adulto + 1 vidrinho de glicerina médio + 1 vidrinho de água oxigenada, triture o melhoral num recipiente, até ficar em pó, acrescente os demais ingredientes, misture e tampe. Use á noite, antes de ir durmir);
20- Tira manchas de vinho e de sangue das roupas (pingue em cima da mancha e depois lave normalmente, proceda com água fria de preferência)




26 maio 2014

Kodoish, Kodoish, Kodoish, Adonai Tsebayoth



O Mantra Kodoish, Kodoish, Kodoish Adonai Tsebayoth une todos os biorritmos do corpo (personalidade encarnada) com os ritmos espirituais do corpo do Eu Superior (Ajustador de Pensamento) de modo que todos os sistemas circulatórios operem como um batimento do coração cósmico.

O Mantra Kodoish, Kodoish, Kodoish Adonai Tsebayoth deve ser feito para discernir entre as forças celestiais espirituais e as "negativas". A saudação ativa um padrão de ressonância com o Trono do Pai que as "forças negativas" não conseguem suportar quando cumprimentadas com essa saudação. Esta saudação é tão forte que as "forças negativas" não conseguem permanecer nem por um lapso de tempo na presença de sua vibração. 
O Mantra Kodoish, Kodoish, Kodoish Adonai Tsebayoth cria distorções temporais-mentais-espirituais dentro do nosso corpo, que nos permitem crescer de um pequeno microcosmo ao nível próximo da Divindade.
O Mantra Kodoish, Kodoish, Kodoish Adonai Tsebayoth é a chave da transformação e a vibração central coordenando todas as vibrações com o veículo espiritual do homem. Salientando particularidades e usos deste Mantra podemos definir que:


• Une os níveis inferiores de vibração com os níveis mais altos da criação.• A batida do coração humano é marcada de acordo com a função do Kodoish, Kodoish, Kodoish Adonai Tsebayoth. Este Mantra permite todo o sistema circulatório operar com a batida do coração cósmico.
• A energia da Luz criada por este nome sagrado permite ao corpo experimentar a energia directa dos Mestres de Luz.
• Este Mantra contém escalas adicionais de ressonância de cores, emanando 80 oitavas acima e 80 oitavas abaixo do nosso planeta.
• Kodoish deve ser usado para discernir as forças negativas celestiais. Esta saudação coloca em movimento um padrão de ressonância com o trono do Pai, ressonância esta, que as "forças negativas" não podem utilizar quando são por ela cumprimentadas. De fato, esta saudação é tão forte que as "forças negativas" não conseguem permanecer, nem por um breve período de tempo, na presença dessa vibração.
• Quando nós sentimos pressão e medo de origem desconhecida, é razoável admitir que esta pressão esteja sendo causada pela "hierarquia negativa". Para que as energias opressivas sejam levantadas e afastadas simplesmente cante ou diga repetidamente, o "Código Sagrado".
• Este Mantra Sagrado activa redes especiais de sintonização de ressonância com a Irmandade da Luz e permite que a energia se junte para trabalho e culto mútuo.
• A estrutura do código de Amor e Luz deste Mantra Sagrado está focalizado no 3o. Olho -- a semente de cristal, e lhe permite elevar esta semente de cristal ao Conselho de Luz no Firmamento de Orión.
• O poder da Trindade do Kodoish, Kodoish, Kodoish, Adonai Tsebayoth pode criar um hiper-vórtice ou um pilar de energia divina pelo qual o hiper espaço-tempo pode ser atravessado por este corpo físico, nos colocando em ressonância com outros níveis de inteligência divina.
• Esta fórmula também pode ser utilizada para invocar a Proteção Divina, uma vez que esta expressão sagrada é uma conexão entre todas as hierarquias, como uma Saudação da Irmandade com o Pai em comum.
• Ele cria um pilar de energia de proteção que pode ser usado em situações práticas para resolver problemas, curar e elevar a consciência e o que for preciso para projectar energia para fazer o trabalho do Reino
• Quando nós cantamos e visualizamos a trindade do Kodoish, Kodoish, Kodoish, Adonai Tsebayoth, acima do nosso terceiro olho, junta-se a nós um coro das Alturas conforme Seres Integrais de Luz nos mostram suas aparências. Conforme nós continuamos a usar esta saudação, nós somos cumprimentados pela Irmandade e Anfitriões do ofício de Shekinah (Espírito Santo), do Cristo e do Pai Divino.

Kodoish, Kodoish, Kodoish, Adonai Tsebayoth pode ser recitado antes de dormir e assim que acordamos.



19 maio 2014

Somos o que sentimos.



por Fernanda Luongo

Levando em consideração que o campo eletro-magnético gerado pelo coração é significativamente maior e mais poderoso do que aquele gerado por nosso cérebro (o campo elétrico é 100 mil vezes mais poderoso que o do cérebro e o magnético cinco mil vez mais) podemos constatar que nossos sentimentos e sensações afetam muito mais a nossa realidade do que nossos pensamentos. Já disseram que o homem é o que pensa; que o homem é o que come, mas a realidade é que o homem é aquilo que sente. O pensamento pode ter uma ligação direta com o sentimento, pode influenciar o mesmo, mas não é determinante no que tange a afetar a realidade: o sentimento e a sensação sim!

Os povos nativos sempre souberam disso. As escolas iniciáticas do passado e os grandes mestres de diversas áreas do conhecimento já nos diziam isso. Não é suficiente pensar sobre algo... é preciso ser algo, tornar-se algo e para que isso aconteça o sentir é peça fundamental.

Independente da via escolhida: esotérica/espiritual ou científica/física o resultado obtido foi o mesmo: o que sentimos afeta e/ou modifica a nossa realidade, ou pelo menos exerce uma grande influência sobre ela, muito maior do que aquilo que pensamos.Uma pessoa pode estar sorrindo porque ganhou mais um prêmio, porém, lá no fundo pode estar se sentindo uma perdedora, infeliz, pois não tem amor em sua vida. A realidade dela é refletida pelo vazio e tristeza que sente. Da mesma forma, alguém que pode não ter tantos prêmios pendurados na parede pode se sentir agradecido à vida pelo amor de sua família e a realidade dessa pessoa será refletida pela alegria e preenchimento interior.

Muitas são as histórias daqueles que conseguiram alcançar seus objetivos, mesmo contra todas as adversidades. Dizem que eles imaginavam o êxito, que pensavam bastante sobre a conquista futura, alguns planejavam o caminho detalhadamente, possuíam planos A, B e C, outros simplesmente não tinham a menor ideia de como chegar ao topo da colina, porém, não foi só a perseverança, a imaginação fértil ou o planejamento que levou essas pessoas ao local almejado.
Após a falência do estúdio Laugh-O-Gram, Walt Disney decidiu partir para Los Angeles e em grande estilo! Para ele essa era a promessa de um novo começo em Hollywood, portanto, ele resolveu viajar de primeira classe. Ele não tinha mais nada, nem casa, nem estúdio, mas já se sentia vitorioso. O que ele sentia foi crucial para mudar a sua realidade. Eu digo que sentir que você já é ou que já chegou onde pretende é determinante.Muitas pessoas falharam, pois lá no fundo o que sentiam não estava de acordo com o que pensavam, almejaram, ou planejaram. Muitos no fundo não se sentiam merecedores, adequados, ou preparados para tal, e esse certamente foi o motivo de sua ruína ou fracasso. Esse é o caso da autossabotagem.

Gregg Braden cita em seu livro "A Matriz Divina" algo que ilustra bem as afirmações acima sobre o efeito da emoção:

"Foi nesse período que me encontrei face a face com o abade de um dos mosteiros, podendo então fazer a pergunta que guardava há tanto tempo e que me levara tão longe. (...)

(...)Focalizei a atenção diretamente nos olhos do homem de idade indizível, sentado na posição de lótus bem na minha frente. Com a ajuda do tradutor, propus-lhe a mesma questão que sempre fazia a todos os monges e freiras que encontrava durante nossa peregrinação. "Quando o senhor faz suas orações, o que está fazendo?", perguntei. Quando vemos o senhor entoar seus cantos durante catorze a dezesseis horas do dia, quando presenciamos os sinos, batidas rítmicas, gongos, carrilhões, mantras e gestos de mudras, o que está acontecendo no seu íntimo?

Uma forte sensação se apoderou de mim enquanto ouvia a tradução da resposta do abade. "Nossas orações não podem ser observadas", ele disse, "porque uma oração não pode ser vista". Ajustando debaixo dos pés as pesadas vestes de lã, o prior da abadia continuou: "O que pode ser observado é o que nós fazemos para criar o sentimento em nosso corpo. É o nosso sentimento que é a nossa oração". Que beleza, pensei, e quanta simplicidade!


Como os experimentos do final do século XX tinham nos mostrado, são as sensações e as emoções humanas que afetam a essência de nossa realidade: a nossa linguagem interior é a responsável pelas mudanças nos átomos, elétrons e fótons do mundo exterior.
Entretanto, importa menos as palavras que proferimos do que o sentimento que elas criam dentro de nós. A linguagem que fala com as forças quânticas do universo é a linguagem da emoção".Pessoas que são por vezes negativas demais acabam atraindo eventos dos mais variados onde são vistas como azaradas, ou vítimas. Esses eventos acabam nutrindo ainda mais pensamentos e sensações negativas e isto por fim as coloca num ciclo vicioso de difícil abandono.

Quando sentimos muito medo, nosso campo passa a vibrar nessa frequência baixa e o que vem até nós fica limitado a essa zona vibracional. Se, por outro lado, nos nutrimos de sensações de segurança, confiança, afetividade e mudamos nossa frequência, elevamos nossa vibração, passamos a encontrar pessoas e situações diferentes: mais elevadas e positivas.

Portanto, se você quer mudar a sua realidade use a linguagem da emoção.O que você quer? Amor, felicidade, segurança, paz? Então, mude a sua frequência já!

Pense numa estação de rádio. Se você quiser ouvir rock and roll poderá sintonizar na 89FM ou na KISSFM que você sem dúvida encontrará o que busca. Se você estiver procurando algo mais sofisticado ou até mesmo nostálgico na AlphaFM você encontrará.Você sabe onde sintonizar para ouvir a música que quer, faça o mesmo com sua vida
!



Fernanda Luongo   Escritora, autora de três obras literárias já publicadas no país, terapeuta holística, registrada no Conselho Nacional de Terapia Holística CRT: 46.801 e originadora do Método Akhenaton®.


fonte: http://somostodosum.ig.com.br/clube/c.asp?id=39110



15 maio 2014

Movendo-se para acima do medo.

No judaísmo místico, especialmente na Cabala, Metatron (ou Metraton) é o anjo supremo, mais poderoso até mesmo do que Miguel. Seu nome significa "Mais Próximo do Trono", conhecido como o Príncipe do Rosto Divino, Anjo do Pacto, Rei dos Anjos e Anjo da Morte, com a pesada responsabilidade de ser encarregado da "sustentação da existência do mundo". Seus deveres coincidem com os dos arcanjos e outros anjos.
Dizem que ele tem 36 asas, em 6 pares de 6, e um número incontável de olhos, dos quais sem dúvida nenhuma precisa para executar sua enorme e vasta tarefa de velar pelo mundo inteiro. Parte de sua missão é ser implacável com aqueles que desobedecem. É o mais alto dos anjos, descrito como tendo de 2,5 à 4 metros, é uma figura bastante imponente.
Alguns dizem que Metatron foi "originado" de Enoque, um personagem bíblico, nascido na sétima geração após Adão, pai de Matusalém. De acordo com o relato de Gênesis, capítulo 5, versos 22-24: “E andou Enoque com Deus, depois que gerou a Matusalém, trezentos anos, e gerou filhos e filhas. E foram todos os dias de Enoque trezentos e sessenta e cinco anos. E andou Enoque com Deus; e não apareceu mais, porquanto Deus para si o tomou.”. Este pequeno trecho sugere que Deus o transformou em Metatron.


Uma mensagem de
Metatron

canalizada por
Gillian
MacBeth-Louthan

17 de outubro de 2008.


O Estado de Graça é o seu estado natural de ser.
É o que você é naturalmente, sem todo o instrumental e os diálogos de quando é humano demais.
O Estado de Graça é o que você era antes de vir para a Terra.
É o ponto de referência entre cada encarnação.
É um lugar para relaxar na sua própria luz.
É um ritmo natural para você.
É o ritmo do Criador que bate dentro de você sem nenhuma resistência, mas entregando-se e fluindo como uma cachoeira.
Um estado de graça diz "NÓS NOS RENDEMOS, não tentamos lutar contra nosso carma, ou nosso passado, ou nossa família, ou doença. Mas permitimos que nossa essência natural Divina nos leve além da compreensão humana para um ponto de reverência, para um ponto de sacralidade, e para um ponto de humanidade santificado e sagrado".
Um estado de graça diz "nós, as pessoas da Terra, agora permitimos que a nossa divindade interna nos leve acima da escuridão – não através da escuridão". Isto é permitir que a sua luz interior tenha a liberdade de estar no seu estado natural de ser, libertando-a das pressões e decisões próprias de ser um humano. É voltar às suas raízes naturais. É um estado em que você confia no universo e aceita que o que quer que esteja sendo emitido como um decreto emocional, um decreto financeiro, um decreto energético ou um decreto pessoal, está sendo emitido pela divindade interior. Nesse estado de graça, você substitui a negatividade e relaxa na sua luz.
Quando abandonar aquilo que o sobrecarrega, aquilo que o entristece, e permitir que as suas feridas sejam curadas, poderá se concentrar na viagem de volta ao amor.
Quando se sentir pressionado pelo seu mundo, focalize-se imediatamente naquilo que ama. Pegue a vibração daquilo que você ama (seja uma flor, uma canção, uma criança, um cachorrinho, uma gargalhada, uma risada, uma lembrança…) e coloque-a no lugar daquilo que o entristece e magoa. O amor transformará o conteúdo molecular da experiência na qual você está envolvido; transformará as moléculas. Aquilo que você enxerga como bloqueio e negatividade é apenas uma essência molecular que ainda não se mudou para um estado de graça através do amor.
Você é o diretor e o maestro do concerto da sua vida. Entenda que as moléculas de amor podem dissolver obstáculos e mover montanhas. Nada é impossível quando você o satura com a energia viva do amor. Chame imediatamente a energia do amor para aquilo que o entristece e o magoa. Entregue-o à sua própria divindade interior e à divindade que existe na situação. A graça é uma energia mais leve e você vai sentir imediatamente uma elevação.
Você não estará fugindo do dever de casa nessa situação de aprendizado, mas invocando uma mudança molecular através da introdução da essência do amor – a graça – nessa situação.Transforme tudo que parece ser um obstáculo. Quando alguma coisa o deixar com raiva, prepare-se imediatamente para pensar em algo que lhe traga alegria, algo que você ame, e então focalize esta energia na situação e você a transformará. Você derrubará as Muralhas de Jericó com os sons do seu coração e os sons do amor. É seu dever e sua missão manter uma lista de coisas que você ama – tudo que traga um sorriso ao seu rosto, tudo que traga uma risada e uma gargalhada ao seu coração, e tudo que o suavize. Mantenha uma lista de amor. Consulte-a quando estiver zangado, irritado, quando estiver triste ou aflito.
Mude sua vida.
Invoque o estado de graça em tudo o que você passar no seu dia-a-dia: "Agora eu invoco um estado de graça para esta situação e peço que as moléculas de amor a saturem". E você se sentirá elevado e não mais afundado no desespero.Tudo na sua vida é projetado com divindade e pela divindade. É uma expressão divina de um aspecto divino do seu ser, que está pedindo para ser curado, que está pedindo para ser abraçado, que está pedindo amor. Senão não estaria bloqueando o seu caminho.
Quando estiver observando a tristeza na sua Terra e se sentir impotente para mudá-la, pense em algo que você ama. Você precisa de um ponto de referência. Precisa se lembrar do que lhe trouxe amor na última vez em que pensou nele, na última vez em que o experienciou.Quando você muda a si mesmo, muda o resultado daquilo que está diante de você. Seu dia deveria ser um estado de graça de 24 horas. Um estado de graça diz: "Confio no que tenho diante de mim. Confio nas minhas escolhas. Confio em Deus, confio no mundo, confio na Mãe Natureza." Do que você tem mais medo? Você teme as pessoas. O que vive no interior das pessoas, senão a essência de Deus? Você não confia na divindade interna das pessoas, que está apenas a um fio de cabelo de distância da sua própria divindade interna.Sou aquele que é conhecido por Metatron. Observo as palavras do seu mundo. Observo os seus pensamentos. Sou o subscritor para todas as expressões verbais. Minha presença será vista e sentida com mais freqüência nos tempos que estão chegando. Ao invocar os estados de graça, compreenda também que dentro do conteúdo molecular da Graça estão situadas todas as moléculas de Luz. Simplesmente por usar a palavra graça, dizer graça, falar graça, conhecer uma pessoa chamada Graça, você já invoca a presença da Luz.
Cada vez que um coração se abre, é como se milhões de arco-íris e milhões de rosas se abrissem simultaneamente. Na sua imaginação, você não pode conceber quanto amor você é capaz de manter, quanto amor você é capaz de sentir. Você ainda tem muito medo de sentir amor. O amor que existe na Terra é muito pouco, comparado com o do resto do Universo. Numa escala de 1 a 100, o amor que há na Terra ainda está abaixo de zero. Acreditem ou não, vocês estão apenas entrando numa essência de amor contável e mensurável.Eu e todos os seres de Luz estamos constantemente com vocês. Nós somos um. Seus corações são pequenos e sensíveis. Alguns deles estão murchos. Mas nós os seguramos como passarinhos que caíram do ninho da vida.
Nós cuidaremos de vocês, levando-os de volta à plenitude do amor.
Eu os deixo.

13 maio 2014

Dia 14/05 acontece o Festival de Wesak, o evento cósmico mais importante do ano.


Prepara-te para o evento cósmico mais importante do ano, a Lua Cheia de Maio. Tu presença está integrada a um circuito universal de distribuição de Vida, a maior parte do tempo não tens consciência disso, mas há seres que trabalham o tempo inteiro e de forma intencional e consciente para a preservação e ampliação desse colossal circuito de distribuição de Vida. 
A cada ano, na Lua Cheia de Maio, esses seres, a Hierarquia Divina, se reúnem para estabelecer objetivos e desempenhar seu trabalho com a maior eficiência possível, sem necessidade de impor nada a ninguém. 
Tu podes resistir até a morte se não quiseres participar ativamente desse circuito, e teu desejo será respeitado. Porém, que tipo de idéia te levaria a ser menos do que podes ser? Que idéia te levaria a pensar que Tu és maior do que a Vida? (~Quiroga)




Festival de Wesak, festa no céu e na Terra.

Também conhecido como o Festival da Iluminação é o Festival de Buda, o intermediário entre o Centro Espiritual mais elevado, Shambala, e a hierarquia. Buda personifica a expressão da Sabedoria de Deus, da Luz, é Indicador do Propósito Divino. 


É o grande Festival do Oriente e um dos mais importantes festivais da Lua Cheia.
Este Festival ocorre quando o Sol está no signo de Touro. Wesak é uma festa da libertação do despertar e da transfiguração, a jornada de volta ao lar. Promove uma ponte entre a humanidade e espiritualidade, e o equilíbrio entre o Eu Inferior e Superior.
A Lua na Astrologia significa o inconsciente, o porão, como também, nossa ligação com o passado e emoções, quer sejam boas ou ruins. É através do signo lunar que descobrimos como reagimos frente às circunstâncias da vida, emocionalmente. Quando o grande luminar, o Sol, ilumina plenamente a Lua, é um indicativo de um alinhamento livre entre nosso Planeta - o Sol - e o "Centro Solar" a fonte de energia de toda nossa terra, e neste momento podemos iluminar as sombras.
Nesta fase de Plenilúnio podemos fazer uma aproximação mais definida com Deus e o Amor, Poder e Sabedoria, centralizados em nosso coração, representados pela chama trina que fica em evidência quando meditamos. É positivo que em toda Lua Cheia, pudéssemos nos alinhar com as forças cósmicas superiores através de nossos Mestres e anjos, como também da hierarquia da grande Fraternidade Branca, a fim de entrarmos em contato com a essência deste evento mensal.


A Lenda de Wesak

O Festival de Wesak é uma celebração anual, que acontece no momento do Plenilúnio de Touro, quando a bênção de Deus é transmitida à Terra, por intermédio de Buda e de Seu Irmão, o Cristo. Paralelamente ao acontecimento espiritual interno, tem lugar a cerimônia física externa, num pequeno vale do Tibet, no Himalaia. O sonho, lenda ou acontecimento pode ser descrito da seguinte forma:
Existe um vale, situado ao pé do Himalaia tibetano, numa altitude bem elevada, rodeado por montanhas, exceto na face nordeste, onde existe uma abertura estreita. Esse vale tem a forma de uma garrafa, com o gargalo voltado para nordeste, abrindo-se para o sul. No extremo norte, perto da abertura, há uma grande rocha plana. As encostas das montanhas estão cobertas de árvores, mas no vale não há árvores nem arbustos – ele está coberto por um tapete de pasto duro.
No momento do Plenilúnio de Touro, começam a chegar peregrinos, homens santos e lamas, que vão ocupando a parte sul e central, deixando o extremo nordeste relativamente livre. Ali, segundo diz a lenda, se congrega um grupo de Grandes Seres que são os custódios, na Terra, do Plano de Deus para o nosso planeta e para a humanidade. Com sua sabedoria, amor e conhecimento, formam uma muralha protetora para a nossa raça, tratando de guiar-nos da escuridão para a luz, do irreal para o real, e da morte para a imortalidade.
Este grupo de conhecedores da divindade se coloca nos limites do vale, em círculos concêntricos, de acordo com o grau de desenvolvimento iniciático, preparando-se para um grande Ato de Serviço.
Diante da rocha e voltados para nordeste, se encontram – em níveis etéricos – os Seres chamados “Os Três Grandes Senhores”: o Cristo, que se situa no centro; o Senhor das formas viventes, o Manú, que se situa à direita; e o Senhor da Civilização, o Mestre Rakoczi, que se encontra à esquerda. Sobre a rocha descansa um vaso de cristal cheio de água.
Atrás do grupo de Mestres, Adeptos, iniciados e trabalhadores adiantados no Plano de Deus, se situam os discípulos e aspirantes do mundo, em seus diversos graus e grupos – aqueles que, nesta época, constituem o Novo Grupo de Servidores do Mundo. Alguns estão presentes em corpo físico e chegam por meios comuns; outros estão presentes em seus corpos espirituais e em estado de sonho.
Ao se aproximar o momento da Lua Cheia, produz-se uma grande quietude entre a multidão e todos voltam o olhar para o nordeste. A um sinal dado, os Grandes Seres formam três círculos concêntricos e começam a cantar. Quando o cântico se aprofunda e ganha mais ritmo, os Visitantes etéricos se materializam e uma figura gloriosa se torna visível no centro dos círculos, a qual é chamada por vários nomes: Senhor Maitreya, Bodhisattva, Cristo, Senhor da Paz e do Amor. É o Mestre de todos os Mestres que formam a Hierarquia planetária para levar a cabo o propósito divino deste planeta.
O Cristo aparece vestido com um manto branco puro, Seu cabelo caindo em ondas sobre seus ombros. Ele tem o Cetro de Poder em Sua mão, o qual lhe foi dado pelo Ancião dos Dias para esta ocasião. Nenhum Mestre pode tocá-lo, salvo o Cristo, o Mestre de todos os Mestres. Em cada extremo deste Cetro de Poder, há uma grande empunhadura de diamante, que irradia uma aura azul e alaranjada de grande beleza. Os Iniciados que estão nos três círculos focalizam-no no centro e, quando Ele se torna mais visível, todos Eles se inclinam e cantam um mantra de saudação e afirmação.
Em seguida, estes círculos transformam-se num só círculo e uma cruz, em cujo centro está o Cristo. Aqui novamente o cântico comove os corações e as almas dos presentes, e descem mais alegria, paz e bênçãos sobre a multidão.
O próximo movimento é o triângulo dentro do círculo, em cujo ápice está o Cristo. Ele está de pé perto da pedra e coloca o Cetro de Poder sobre ela.
Na rocha, se vê o vaso de cristal com ornamentações douradas e grinaldas de flores de loto que cobrem a rocha e pendem de todos os cantos.
Depois Eles realizam outro movimento, que é um triângulo com três ovais que se entrelaçam no centro do mesmo, onde está o Cristo. O movimento seguinte é una estrela de seis pontas e, depois a estrela do Cristo: o pentagrama ou estrela de cinco pontas. Aqui o Cristo está no ápice, perto da pedra; à sua direita, o Manú; à sua esquerda, o Mestre Rakoczi; um Grande Ser no centro e outros dois Grandes nas pontas inferiores da estrela.
Estão presentes os regentes de todos os tipos de energia: os Mestres Morya, Koot Humi, Veneziano, Serapis, Hilarion, Jesus, e Iniciados, discípulos e aspirantes espirituais; e então o cântico cria uma grande tensão na multidão e Cristo, tomando o Cetro de Poder que estava na pedra, levanta-o e diz: - “* -- Pronto, Senhor, venha..."*
Em seguida, coloca novamente seu Cetro de Poder sobre a pedra durante uns poucos momentos antes da Lua Cheia, e os olhos de todos os presentes se voltam para a pedra. A expectativa da multidão aumenta e a tensão torna-se maior e continua crescendo. Através da multidão, parece sentir-se um estímulo ou vibração potente, que tem o efeito de despertar as almas dos presentes, fundindo e unificando o grupo, elevando a todos e realizando-se uma grande ação de demanda, ânsia e expectativa espiritual. É a culminação da aspiração do mundo que se acha enfocada neste grupo expectante.
Poucos minutos antes da hora exata, em que tem lugar o Plenilúnio, se divisa ao longe um pequeno ponto de luz no céu, que ao se aproximar, vai se transformando numa silhueta nítida, que adquire a forma do Buda sentado em sua clássica posição de loto, envolto em Seu manto cor de açafrão, banhado em luz e cor, e com sua mão direita levantada, abençoando a todos. Quando Ele chega num ponto sobre a rocha, Cristo entoa A Grande Invocação e todos os presentes caem prostrados tocando a Terra com suas frontes.
Esta Grande Invocação cria uma corrente estupenda de energia que inunda os corações dos aspirantes, discípulos e Iniciados, e chega... a Deus. Este é o momento mais sagrado do ano, o momento em que a humanidade e a divindade tomam contato. No momento exato da Lua Cheia, o Buda passa a Cristo a energia do primeiro raio – Vontade – que Cristo recebe e transforma em Vontade ao Bem.
Cristo é o grande celebrante, estende Suas mãos, pega o vaso, levanta-o sobre Sua cabeça e logo coloca-o de novo sobre a pedra. Então, os Mestres cantam hinos sagrados e o Buda, o Grande Iluminado, depois de abençoar a multidão, desaparece lentamente no espaço.
Toda a cerimônia da bênção, desde que Buda aparece ao longe, até o momento em que desaparece, dura apenas 8 minutos. O sacrifício anual que Buda realiza pela humanidade se conclui, quando Ele retornar a esse lugar no alto, onde trabalha e espera.
O Senhor Buda possui sua modalidade especial de energia, que Ele derrama sobre nós, ao abençoar o mundo. Esta bênção é maravilhosamente excepcional, por sua autoridade e categoria, pois Buda tem acesso a planos da natureza que não estão ao alcance da humanidade; e portanto, pode transmutar e transferir ao nosso plano a energia de planos superiores. Sem a mediação de Buda, esta energia não seria aproveitável, pois sua vibração é muito elevada e nos é impossível percebê-la nos planos físico, emocional e mental. Assim, a energia que Buda difunde, através da sua bênção, encontra canais por onde circular, levando alento e paz àqueles que são capazes de recebê-la.
Ano após ano, Buda regressa para distribuir Sua bênção e a mesma cerimônia se repete. Cada ano, Ele e Seu Irmão, o Cristo, trabalham em íntima colaboração para beneficio espiritual da humanidade. Nestes dois Grandes Filhos de Deus concentraram-se dois aspectos da Vida Divina. Através do Buda, flui a Sabedoria de Deus; através do Cristo, o Amor de Deus se manifesta à humanidade, derramando-se sobre ela na Lua Cheia de Touro.
Nesse momento são possíveis grandes expansões de consciência. Os discípulos e iniciados de todas as partes podem ser ajudados e estimulados espiritualmente, a fim de que possam penetrar conscientemente nos mistérios do Reino de Deus.
Continuando a lenda, quando o Buda desaparece, a multidão se põe em pé e Cristo distribui a água bendita aos Iniciados e a todos que estão presentes no vale. Esta linda “cerimônia da comunhão da água” nos insinua simbolicamente, que a Nova Era já está sobre nós, a Era de Aquário, a do “Portador da Água”. A água magnetizada pela presença de Buda e Cristo contém certas propriedades curativas. Depois da bênção, a multidão se dispersa silenciosamente, encaminhando-se para seus lugares de serviço.
Tal é a *lenda* por trás deste Festival, e também, tal é a *realidade*, se nos atrevermos a acreditar nela e se nossas mentes estiverem suficientemente abertas e nossos corações suficientemente expectantes, para reconhecermos sua possibilidade. Esta idéia requer que ajustemos algumas de nossas crenças mais caras. Mas, se puder ser captada e compreendida, surgirá em nossa consciência a possibilidade de a raça humana se conscientizar de sua própria divindade, podendo desenvolver uma Ciência de Aproximação às Forças da Vida e a verdades mais profundas, que ainda estão ocultas.
Homens e mulheres do mundo, guiados em uníssono por Buda, que trouxe a Luz ao Oriente, e por Cristo, que revelou a Luz ao Ocidente, podem pedir e evocar uma bênção e revelação espiritual tão intensas, que num futuro imediato poderá se manifestar aquilo a que a humanidade tanto aspira: “paz na Terra e boa vontade entre os homens”. Desta maneira, podemos introduzir uma Era de Fraternidade e compreensão que permitirá ao homem dispor de mais tempo para se dedicar a buscar Deus por si mesmo.
Podemos participar do Festival de Wesak através do jejum, da oração ou da meditação grupal. Recitar tanto quanto possível a Grande Invocação nos dois dias que antecedem o Festival e nos dois dias posteriores. O ideal é recitá-la ao amanhecer, ao meio-dia, às cinco da tarde, ao anoitecer e no momento exato do Plenilúnio. Manter-se em estado de permanente atenção e serena .


O horário de pico energético será dia 14/05 às 16:18hs.

Tradução do texto: “versión libre de varios autores: Alice A. Bailey, Torkom Saraydariam, C.W. Leadbeater” encontrado no site www.sabiduriarcana.org 


"Nenhum preço é demasiadamente alto para obtermos a iluminação espiritual possível, particularmente neste momento.” * Djwhal Khul. *



12 maio 2014

Açafrão da Terra: Um super remédio que é um delicioso tempero


O Açafrão da Índia ou “Turmeric” ou “Cúrcuma” é uma planta da família do gengibre  sendo a raiz a parte mais utilizada na culinária e na medicina. 

No Brasil, principalmente em Minas Gerais e Goiás, é conhecida como Açafrão da Terra, Açafroa ou Gengibre Amarelo. De acordo com o Eng. Agrônomo Ademar Menezes Junior não podemos confundir o Açafrão da Índia com o “Açafrão Verdadeiro” utilizado nas “paellas” espanholas, que é dispendioso e corresponde aos estigmas dessecados da bela flor amarela ou vermelha da planta Crocus sativus.

É no rizoma da Curcuma longa que está o componente mais ativo da planta, a curcumina presente em 2 a 5% deste delicioso tempero. 

A curcumina comercial encontrada nos mercados a preços bem acessíveis contém três cucurminoides que lhe confere a cor amarelo alaranjada:  curcumina (77%), demetoxicurcumina (17%) e bisdemetoxicurcumina (3%).    
      
Ela é muito consumida na Índia, cerca de 100 mg/dia por habitante, como tempero. Estudos recentes mostram que podemos ingerir até 8 g/dia sem efeitos colaterais, entretanto a biodisponibilidade celular da curcumina é muito baixa, devido à  rápida glucoronidação hepática e intestinal. O folclore nos ensinou que a adição de pimenta do reino (Piper nigra) aumenta em 2000% a biodisponibilidade do princípio ativo. Na Índia o povo adora açafrão e pimenta.

Nos Estados Unidos são muito comuns o câncer de mama, de colon, de próstata e de pulmão, o que não acontece na Índia, onde é alta a ingestão de cúrcuma. 
Observou-se aumento da incidência de câncer de colon em imigrantes da Índia vivendo nos Estados Unidos, o que mostra o valor da dieta como fator quimiopreventivo (in Aggarwal-2003).

A medicina complementar baseada em evidências científicas e na observação cuidadosa pode e deve ser utilizada conjuntamente com a medicina convencional ou quando não se obtém desta os resultados esperados. O médico não pode simplesmente dizer que não há mais nada a fazer, sem antes tentar de um modo firme, sensato e rigoroso todas as armas da medicina complementar (Felippe -2006-2007). Um dos exemplos é o uso da Cúrcuma. 

A cúrcuma tem sido utilizada na medicina Ayuverdica, medicina tradicional da Índia, por mais de 6000 anos nas seguintes situações: desordens biliares, anorexia, tosse, feridas em diabéticos, males hepáticos, reumatismo, sinusite, etc. .   
          
Encontramos de 1966 a 2007, 1492 referências no Medline sobre a atividade biológica da curcumina. Recentemente a literatura médica mostrou que a Cúrcuma possui os seguintes efeitos:

1.Anticâncer
2.Aumenta o efeito da quimioterapia nas situações de resistência a múltiplas drogas
3.Antiaterosclerótico
4.Antinflamatório
5.Reduz o colesterol
6.Diminui a oxidação da LDL
7.Inibe a agregação das plaquetas
8.Diminui o tamanho da trombose no infarto do miocárdio
9.Diabetes tipo II: hipoglicemiante, diminui os níveis de hemoglobina glicosilada e diminui a microalbuminúria
10.Esclerose Múltipla: diminui as crises de exacerbação
11.Alzheimer: retarda o processo degenerativo
12.Fibrose cística: corrige alguns defeitos
13.Doenças inflamatórias dos olhos: uveíte anterior crônica, pseudotumor orbital idiopático
14.Diminui as dores na artrite reumatoide
15.Efeito nas doenças de pele: psoríase e dermatites
16.Efeito na esclerodermia
17.Estimula regeneração muscular
18.Melhora a regeneração das feridas
19.Cicatriza escaras
20.Protege o fígado e rins de lesões tóxicas
21.Aumenta a secreção biliar
22.Diminui a formação de cálculo biliar
23.Efeito nas doenças inflamatórias de intestino
24.Protege contra a formação de catarata
25.Protege o pulmão da fibrose
26.Inibe a replicação do HIV
27.Inibe a reprodução das leishmanias



Nas palavras de Bharat Aggarwal e Shishir Shishodia: “Vamos fazer uma viagem para nossas “RAIZES” antigas para explorar as “RAIZES” da Curcuma longa”.

A curcumina possui uma série de efeitos na prevenção e no tratamento do câncer. É o fitoquímico que inibe o maior número de vias de sinalização, transdução e transcrição que conhecemos e por esse motivo possui potente efeito no câncer como antiproliferativo, apoptótico , antiangiogênico e antimetastático.

A curcumina suprime a proliferação de vários tipos de células tumorais in vitro: carcinoma de mama, carcinoma de colon, carcinoma de próstata, carcinoma basocelular, melanoma, leucemia mielógena aguda, leucemia de células T e linfoma de células B. 

A curcumina interfere na proliferação celular maligna de várias maneiras: inibe os efeitos dos fatores de crescimento tumoral, inibe proteínas envolvidas no ciclo celular e inibe a ornitina decarboxilase (ODC). 

A apoptose é um modo discreto das células morrerem sem fazer alarde, digo inflamação. Provocar apoptose em paciente com câncer grau IV não faz piorar o seu estado geral já tão comprometido.

A curcumina é capaz de induzir apoptose nas células malignas por mecanismos dependentes ou não dependentes da mitocôndria. 

No mecanismo mitocondrial, o que acontece em grande número de células, a curcumina ativa seqüencialmente a caspase 8 , a diminuição do potencial transmembrana mitocondrial, a abertura dos poros de transição, a liberação de citocromo-c, a ativação da caspase -9, a ativação da caspase-3, a clivagem do PARP e finalmente a fragmentação do DNA e apoptose. 

Bharat Aggarwal, grande estudioso dos efeitos da curcumina no câncer, afirma que a curcumina inibe o crescimento tumoral e induz a apoptose de vários tipos de células malignas com mecanismos semelhantes à maioria dos agentes quimioterápicos (Aggarwal-2003), porém sem efeito prejudiciais sobre as células normais.

A seguir vamos enumerar os efeitos da curcumina nas diversas vias de sinalização que culminam na indução de apoptose, na diminuição da proliferação celular, na inibição da neoangiogênese e no efeito antimetastático.

Mecanismos de Ação da Curcumina nas Vias de Sinalização das Células Malignas: Inibe a Via Fator de Crescimento.

© Associação Brasileira de Medicina Complementar. Todos os Direitos Reservados    São Paulo

05 maio 2014

Cientistas revelam: DNA possui funções mediúnicas como telepatia, irradiação e contato interdimensional.





“Nosso DNA é um biocomputador”, dizem cientistas russos.


Pesquisas científicas estão explicando os fenômenos como a clarividência, a intuição, atos espontâneos de cura e auto cura e outros.

Quando cientistas começaram a desvendar o mundo da genética, compreenderam a utilidade de apenas 10% do nosso DNA.
O restante (90%) foi considerado “DNA LIXO”, ou seja: sem função alguma para o corpo humano.
Porém, este fato foi motivo de questionamentos, pois alguns cientistas não acreditaram que o corpo físico traria algum elemento que não tivesse alguma utilidade.
E foi assim que o biofísico russo e biólogo molecular Pjotr ​​Garjajev e seus colegas iniciaram pesquisas com equipamentos “de ponta”, com a finalidade de investigar os 90% do DNA não compreendido.
E os resultados apresentados são fantásticos, atingindo aspectos antes considerados “esotéricos” do nosso DNA.
O que as pesquisas estão concluindo?

1. O DNA tem capacidade telepática
A partir das últimas pesquisas, cientistas concluíram que o nosso DNA é receptor e transmissor de informações além tempo-espaço.
Segundo essas pesquisas, o nosso DNA gera padrões que atuam no vácuo, produzindo os chamados “buracos de minhoca” magnetizados! São “buracos de minhocas” microscópicos, semelhantes aos “buracos de minhocas” percebidos no Universo.
Sabe-se que “buracos de minhocas” são como pontes ou túneis de conexões entre áreas totalmente diferentes no universo, através das quais a informação é transmitida fora do espaço e do tempo.
Isto significa que o DNA atrai informação e as passa para as células e para a consciência, uma função que os cientistas estão considerando como a internet do corpo físico, porém muito mais avançada que a internet que entra em nossos computadores.
Esta descoberta leva a crer que o DNA possui algo que se pode chamar de telepatia interespacial e interdimensional. Em outras palavras, O DNA está aberto á comunicações e mostra-se suscetível a elas.
Pesquisas relacionadas à recepção e transmissão de informações através do DNA estão explicando os fenômenos como a clarividência, a intuição, atos espontâneos de cura e auto cura e outros.


2. Reprogramação do DNA através da mente e das palavras
O grupo de Garjajev descobriu também que o DNA possui uma linguagem própria, contendo uma espécie de sintaxe gramatical, semelhante á gramática da linguagem humana, levando-os a concluir que o DNA é influenciável por palavras emitidas pela mente e pela voz, confirmando a eficácia das técnicas de afirmação, de hipnose (ou auto hipnose) e de visualizações positivas.
Esta foi uma descoberta impressionante, pois diz que se nós adequarmos as frequências da nossa linguagem verbal e das imagens geradas por nosso pensamento, o DNA se reprogramará, aceitando uma nova ordem e uma nova regra, a partir da ideia que está sendo transmitida.
O DNA, neste caso, recebe a informação das palavras e das imagens do pensamento e as transmite para todas as células e moléculas do corpo, que passam a ser comandadas segundo o novo padrão emitido pelo DNA.
Os cientistas russos estão sendo capazes de reprogramar o DNA em organismos vivos, usando as frequências de ressonância de DNA corretas e estão obtendo resultados bastante positivos, especialmente na regeneração do DNA danificado!
Utilizam para isso a Luz Laser codificada como a linguagem humana para transmitir informações saudáveis ao DNA e essa técnica já está sendo aplicada em alguns hospitais universitários europeus, com sucesso em vários tipos de câncer de pele. O câncer é curado, sem cicatrizes remanescentes.


3. O DNA responde á interferências da Luz Laser
Continuando nessa linha de pesquisas, o pesquisador russo Dr. Vladimir Poponin, colocou o DNA em um tubo e enviou feixes de luz laser através dele. Quando o DNA foi removido do tubo, a Luz Laser continuou a espiralar no DNA, formando como que pequenos chacras e um novo campo magnético ao redor do mesmo, maior e mais iluminado que o anterior.
O DNA mostrou-se agir como um cristal quando faz a refração da Luz, concluindo que o DNA irradia a Luz que recebe.
Esta descoberta levou os cientistas a uma maior compreensão sobre os campos eletromagnéticos ao redor das pessoas, assim como também compreenderam que as irradiações emitidas por curadores e sensitivos acontecem segundo esse mesmo padrão: receber e irradiar, aumentando e preenchendo com Luz o campo eletromagnético ao redor.
As pesquisas estão ainda em fases iniciais, e os cientistas acreditam que ainda vão descobrir muitas outras coisas interessantes!
Por enquanto, as conclusões nos estimulam a continuarmos com as técnicas de afirmações positivas, cuidando dos nossos pensamentos e das imagens por ele geradas, a fim de que as transmissões sejam correspondentes a saúde, ao bem estar e a harmonia, enviadas não apenas ao DNA como também para todo o corpo!
Tenho certeza de que o nosso DNA agradece por suas informações positivas transmitidas a ele!
Que tal melhorar as suas transmissões verbais e mentais?
Comunique-se positivamente com seu corpo e reprograme seu DNA!


Fonte: http://ametistadeluz.blogspot.com.br 

Texto: Tania Resende -http://animamundhy.com.br/

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...