08 dezembro 2007

O despontar dos falsos profetas.

"Não se deixe comandar pela sombra! Comande a si mesmo!"

É impressionante o incremento na atividade dos falsos profetas na atualidade. A cada dia um novo pretenso salvador de todos aparece, para se afirmar como a última salvação, o que veio resgatar, o que decidirá o destino de muitos. Esta atividade, prevista por Jesus Cristo("haverá falsos cristos e falsos profetas"), é uma prova a ser vencida com muito discernimento e união com a divina presença.
Não se deixem iludir. Só há um controlador de tudo, um coordenador do universo, e este ser é o senhor da criação, que habita em cada coração, mas que a ele precisa ser dada muita atenção, para conhecer os seus desígnios. Há os seres iluminados ao seu serviço, mas estes seres não alardeiam que são os únicos salvadores, eles não querem uma humanidade de joelhos, eles pretendem que os seres humanos se libertem das cadeias do medo e da subserviência.
Analise bem o contexto dos chamados das pessoas que se dizem Comandantes Estelares, reunindo fiéis que não podem questionar suas palavras. Reflitam sobre os apelos para largar tudo e se juntar a um grupo de pessoas que viveriam em terras distantes do litoral, pagando altas somas para ter o direito a ser um dos escolhidos. Há muito interesse escuso nestas convocações. Há muita vaidade, por vezes são problemas mentais ou emocionais dos congregadores, ou simplesmente o mais abjeto interesse material.
Quem serve à luz não se diz resgatador de ninguém, até porque são milhões de seres os que se preparam para eventuais resgates, atendendo às ordens legítimas de sábios comandantes da luz, mas estes seres não estão encarnados na Terra. Quem serve à luz, quer apenas repartir o pão do amor, da caridade, quer confortar os aflitos, apascentar os inquietos. Livrar os seres e a si mesmo do medo e da opressão dos sentimentos negativos é o papel de quem veio ao mundo em missão de paz.
A doutrina de amor de Jesus Cristo continua sendo o roteiro de humildade, caridade e simplicidade, mais seguro e eternamente novo, pois é a Vontade do Criador para os que estagiam no reino da dualidade. Não se deixem confundir por falsas doutrinas, que geram cortinas de fumaça. Você estará perdendo o tempo destinado a se conectar com sua presença divina, e de servir ao próximo, dando testemunho de boa vontade. Você estará às voltas com distorções da realidade, fantasias inventadas por mentes delirantes, em vez de se afirmar na quietude dos que trilham um caminho seguro.
Também o amado Buda é um dos verdadeiros servos do altíssimo que veio à Terra trazer uma informação confiável sobre a paz e a conquista de si mesmo, vencendo o medo e o sofrimento. É a seres assim que vocês devem seguir.
Ninguém está livre da morte física, mas, como quem desveste uma roupa suja e rota, o espírito liberto colherá no plano paralelo os frutos das boas obras cultivadas, da paz confirmada na intimidade do coração, por seguir vidas simples, sem medos infundados, confiando na vontade do Pai que o trouxe até esta experiência na Terra.
Sejam livres, não se deixem confundir por exotismos.
Quem não comanda a luz, é comandado na sombra.
Boa sorte e muito discernimento a todos.

Targon Darshan,
Um comandante igual a você.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...